Relógios da Swatch que permitem fazer compras com cartões da Caixa já estão em Portugal

©TRENDY
©TRENDY

A partir desta semana, os clientes da Caixa Geral de Depósitos já podem fazer pagamentos em lojas, cafés e restaurantes com os novos relógios SwatchPAY.

A Caixa Geral de Depósitos e a Swatch apresentaram hoje aos jornalistas, em sessões 1-on-1 na sede do banco em Lisboa, uma nova forma de pagamentos compatível com cartões de débito e de crédito deste banco, assente nos relógios da marca suíça.

Como já tínhamos avançado aqui, em primeira mão, a novidade é o SwatchPAY, um sistema de pagamento, que funciona de forma semelhante ao Apple Pay, e que permite usar apenas o relógio (sem ter o smartphone) para pagar em terminais multibanco contactless.

Até ao final do ano, a Caixa é o banco parceiro exclusivo da Swatch, mas como confirmou fonte da marca suíça ao TRENDY, em Janeiro há novidades: «Já estamos em conversações com outros bancos para alargar o serviço». Até, lá, apenas os clientes da Caixa podem usar relógios Swatch para fazer compras.

Activação do serviço é feita apenas nas lojas Swatch

O processo de emparelhamento é feito a partir a app SwatchPAY e não pode ser feito em casa: a activação obriga a recorrer a uma “mesa” especial que só está disponível nas lojas Swatch.

Isto pode colocar um problema aos utilizadores: sempre que queiram mudar de cartão associado ao relógio, por qualquer motivo, têm de se dirigir a uma loja Swatch para fazer a troca. Confrontado com esta situação Luís Gomes, director de marketing da Swatch, disse que essa poderá ser uma possibilidade no futuro.

©TRENDY
©TRENDY | A activação do SwatchPAY é feita numa destas “mesas”, que estão apenas nas lojas Swatch.

A ideia seria adicionar vários cartões à app, fazer a sincronização com os relógios – isto dava a possibilidade aos utilizadores de escolher o cartão que, num dado momento, ficaria activo para pagamentos no relógio. Para já, a realidade é outra: um relógio só pode estar associado a um cartão, embora um cartão possa estar “ligado” a vários relógios.

Em relação à app SwatchPAY, é aqui que adicionamos o cartão. Segundo Ricardo Santos, project manager da Caixa, a ligação é feita com o envio de um «token com a informação do cartão para o relógio», o que faz com que o mesmo seja autónomo, e não precise de Internet, ou de ter o smartphone por perto, para funcionar.

©Swatch
©Swatch | Na app SwatchPAY é possível ver a lista de compras feitas e suspender o cartão.

Na app podemos ainda consultar as compras que vamos fazendo e suspender o cartão associado para que, em caso de roubo, o relógio não o consiga usar para fazer pagamentos.

Em Portugal, há seis modelos de relógios SwatchPAY à venda: BlackBack (preto), Pastel (rosa), Chic (branco), Magic (azul), Graphite (verde) – todos com o formato New Gent; e um Big Bold BBMIST (camuflado). Os New Gent custam todos 85 euros e o Big Bold fica por 110 euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].