Beetchup Paladin

Paladin cria um ketchup vegan de beterraba sem lactose e sem glúten

por • 17 Outubro, 2018 • Gourmet e Iguarias, Made in Portugal 🇵🇹Comentários fechados em Paladin cria um ketchup vegan de beterraba sem lactose e sem glúten2283

A mais recente novidade da Paladin é um ketchup que deixa o tomate de lado e que tem como base beterraba. E já foi nomeado para um prémio de inovação.

Vai ser na feira alimentar SIAL Innovation Paris (de 21 a 25 de Outubro) que a Paladin vai apresentar oficialmente o seu novo Beetchup, um ketchup que tem como base a beterraba.

Este novo molho da Paladin é vegan está ainda isento de lactose e glúten; além disso tem um «baixo teor de gordura» e dispensa «aromas ou corantes artificiais», garante a marca portuguesa.

A Paladin já lançou, este ano, alguns molhos inovadores no mercado, um deles criado depois de um passatempo (Molho à Tua Maneira) que desafiou os fãs a darem sugestões de novos sabores.

A vencedora foi Paula Lima, que deu a ideia do molho à Bulhão Pato. Além deste, a Paladin criou ainda uma colecção de vinagretes com sabores a frutas como os de Manga, Maracujá ou Pêra Rocha.

Afinal, quais são os ingredientes do Beetchup?

Como á habitual no TRENDY, tentamos sempre dar este tipo de informação sobre os produtos de que falamos. Desta vez tivemos de enviar um mail à Paladin para que nos enviasse os dados em falta.

Este nosso pedido também foi feito na sequência de um comentário de uma seguidora do TRENDY no Facebook, Renata Pinho que sublinhava o facto de o Beetchuo ter «montes de açúcar, caramelo e ingredientes esquisitos», o que denotava uma crítica a este produto.

A Paladin decidiu responder directamente no nosso post do Facebook a Renata Pinho com a imagem do contra rótulo do Beetchup e com uma curta declarção: «Olá, Renata, nada de ingredientes esquisitos e, como o artigo menciona, não há aromas ou corantes artificiais!».

Mas, então, o que tem este Beetchup da Paladin? A lista de ingredientes é clara: não há mesmo açúcares e caramelo, sendo o único adoçante presente os de frutas, como o da maçã, presente em puré.

Depois há também cenoura, especiarias, regulador de acidez (cítrico) sal, vinagre; mas apenas 4% de beterraba, o que não deixa de ser estranho e nos faz lembrar a quantidade irrisória de sumo de figo da Índia apresenta numa água do Luso Sabores.

Agora, também não podemos dizer que não há ingredientes esquisitos, como contraria a Paladin. Na lista temos modified starch (amido modificado), goma xantana (espessante) e sorbato de potássio (conservante).

Destes, é o amido modificado que poderá levantar algumas dúvidas, mas a verdade é que é um ingrediente muito usado em molhos, especialmente nos ketchups. O seu objectivo é o de dar uma melhor estabilidade e uma melhor textura no produto final.

Não temos qualquer dedo a apontar a Paladin no que respeita aos ingredientes utilizados no Beetchup (apenas gostaríamos de ver uma percentagem maior de beterraba): são normalmente usados neste tipo de molhos e acreditamos serem perfeitamente inofensivos para a nossa dieta.

Declaração nutricional do Beetchup

Por 100 gramas, o Beetchup tem 103 calorias e, melhor que tudo, não tem quaisquer tipos de gorduras, incluindo as saturadas. Os hidratos de carbono estão nas 24 gramas e os açúcares nos 21 (justificado pela fruta usada e não por adoçantes adicionados).

Nas proteínas é que há uma pequena desilusão: apenas 1 grama por cada cem; contudo ficámos surpreendidos por apenas haver 1,6 gramas de sal.

Em jeito de conclusão, e ainda sem ter provado este Ketchup de beterraba, não temos nada que nos leve a desconfiar da presença de ingredientes duvidoso, pelo que a nossa primeira impressão é favorável a este novo produto.

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish