©DriveNow Lisboa
©DriveNow Lisboa

Car sharing da DriveNow sai de Lisboa e não tem data de regresso. Créditos de utilizadores continuam disponíveis

Esta semana, o serviço de car sharing da BMW em parceria com a Via Verde anunciou a saída de Lisboa, sem avisar de forma atempada os clientes. A marca mostra-se «entristecida» com esta decisão.

Era um dos dois únicos serviços de car sharing em Lisboa e tinha como único rival a Free2Move (ex-Emov), a marca da Citroen neste mercado. A DriveNow terminou esta semana a operação em Lisboa, sem que antes tenha comunicado indicações ou prazos aos clientes, que foram surpreendidos com esta decisão.

A app ficou inutilizável de um momento para o outro e passou a mostrar apenas uma apresentação automática sobre a história da empresa, com o anúncio da passagem a ShareNow. No Verão de 2019, já se sabia que a DriveNow iria mudar de nome, por directivas do grupo que detém a marca, mas nunca tinha sido comunicada esta mudança, que acaba por chegar de forma repentina.

App ShareNow ainda não está disponível nas lojas Apple e Google

Para já, não há qualquer indicação sobre datas oficiais de regresso da operação da ex-DriveNow a Lisboa. Numa área do site nacional da marca há um texto que diz que os utilizadores podem usar o mesmo login na app ShareNow, que estaria disponível para download desde 3 de Março. Basta entrar em drive-now.com/pt/pt/lisbon e clicar em ‘Registe-se agora’ para ler a mensagem completa.

Contudo, a app não está disponível nas lojas nacionais da Apple e da Google (para Android), o que contraria a mensagem oficial que está no site da empresa. De momento é impossível usar o serviço em Lisboa, mas os clientes continuam a poder entrar na sua área, em drive-now.com/pt.

Fim DriveNow Portugal - DR

DriveNow ShareNow App - DR

Créditos continuam disponíveis nos site DriveNow em Portugal

Aliás, neste site, é possível ver que Lisboa ainda está no grupo de cidades que tem o serviço, o que demonstra alguma falta de organização e comunicação da marca, em Portugal. No mesmo site é, ainda, possível ler coisas como: «Em breve, poderás registar-te na car2go e ter acesso a mais funcionalidades», uma mensagem deixada na altura em que foi anunciada a fusão com esta plataforma de car sharing, que estava nos EUA – e que foi suspensa no dia 29 de Fevereiro.

Certo é que, para já, as contas DriveNow continuam activas e com os créditos válidos, faltando saber quando é que, oficialmente, se pode fazer a download da ShareNow para tirar partido dos mesmos e continuar a usar este serviço. Actualmente, esta plataforma está em oito países europeus e, devido ao facto de a Daimler também fazer parte do consórcio, tem Mercedes Classe A e Smart na frota, além dos BMW e Mini.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].