Jantar do Ano

Jantar do Ano com data marcada para Novembro

por • 4 Outubro, 2017 • Reportagem Trendy 📷Comentários fechados em Jantar do Ano com data marcada para Novembro244

O Convento do Beato volta a receber o evento gastronómico que vai na 3ª edição – juntar quatro chefs que asseguram uma ementa diferente. Uma refeição que tem como pretensão ser lembrada e considerada como o Jantar do Ano. 


O TRENDY foi um dos convidados que esteve presente na apresentação do Jantar do Ano e teve oportunidade de experimentar todos os pratos que vão ser servidos a 11 de Novembro, a data escolhida em 2017.

Este ano a “honra” de cozinhar no Jantar do Ano vai caber a Henrique Sá Pessoa, Vítor Sobral, João Rodrigues e à repetente Justa Nobre, cada um com uma criação exclusiva e servida com uma harmonização de vinho ou cerveja.

O Jantar do Ano começa com uma entrada concebida pelo chef Henrique Sá Pessoa: Salmão da Noruega Curado com Caldo de Castanhas acompanhado pelo vinho Adega Mayor Verdelho 2016 ou por uma Sagres Bohemia Puro Malte. Este será um prato onde o toque avinagrado faz um belo contraste com a doçura da castanha e o acre do salmão.

Segue-se a Sopa Rica de Robalo à Justa, assinada pela chef Justa Nobre, combinada com Adega Mayor Seleção 2016 ou Sagres Bohemia Trigo. O recurso aos coentros dá um toque exótico e aufere sabor que condimenta a massa e acompanha a frescura do peixe.

O (segundo) peixe será o de Vítor Sobral, que apresenta a Tomatada de Bacalhau da Noruega, Batata Doce e Hortelã. Aqui a escolha do vinho recai no Adega Mayor Caiado Rosé 2016 (uma escolha arrojada, mas algo feliz). Já na cerveja optou-se pela Sagres Bohemia Bock.

A refeição (em termos de pratos) termina com uma criação do premiado João Rodrigues: Bochechas de Vitela, Cogumelos e Puré Trufado de Batata, em associação com a Carnes Jacinto, harmonizado com Adega Mayor Reserva Tinto 2016 ou Sagres Bohemia Original.

Em termos de harmonizações a carne foi a mais bem conseguida. A maciez das bochechas e o ligeiro sabor a trunfas combina muito bem com a complexidade do tinto, que necessita de algum tempo no copo para respirar. Um vinho assumidamente ainda jovem e que aguenta algum tempo na garrafa.

A segunda melhor combinação foi a Tomatada de Vítor Sobral. E aqui destaca-se não só a qualidade e sabor do Adega Mayor Seleção 2016, mas também a beleza do rótulo.

Mas, mais que uma simples refeição, onde a gula e o convívio estarão presentes, o Jantar do Ano é também uma oportunidade de ser solidário: a totalidade do lucro obtido pelo evento é revertida para a LET’S HELP, uma plataforma sem fins lucrativos, dedicada ao empreendedorismo social.

Os bilhetes para o Jantar do Ano podem ser adquiridos na Ticketline: os valores começam nos 45 euros por lugar (Bilhete Silver) e vão até aos 600 euros para dez lugares (Pack Premium).


Mais artigos para si