Adeus, iPod: já só resta um modelo do leitor de música da Apple

Sorrateiramente, em pezinhos de lã, a Apple acabou com dois modelos históricos do seu leitor de música: o iPod Shuffle e o iPod Nano já não fazem parte do portfólio da marca.

É caso para dizer, não que o vídeo matou as estrelas da rádio, mas que o iPhone acabou com a viabilidade de haver um leitor de música. Assim é, e assim foi: já só resta um modelo de iPod no site da Apple.

A empresa liderada por Tim Cook deixou de promover os iPod Shuffle e com o iPod Nano. Resultado: no site, agora só encontramos um iPod, o modelo Touch.

O desinteresse pela gama iPod é tão gritante pela parte da Apple que este linha de produtos já nem merece um separador de topo no site, ao lado de gamas como os Mac, o iPhone, o iPad ou o Watch.

Agora, só encontramos o iPod Touch se viermos até ao rodapé, onde há um link perdido na coluna ‘Shop and Learn’, à esquerda. É caso para dizer, por isso, que está muito perto do fim uma linhagem que começou em 2001, quando Steve Jobs apresentou o primeiro iPod (na foto).

iPod 2001

Foi a 23 de Outubro de 2001 que o auditório da sede da Apple em Cupertino se encheu para uma apresentação especial do CEO. Jobs retirou do bolso um objecto branco, com um ecrã e um disco interno de 5 GB: «São mil músicas que podemos levar no bolso», disse o patrão da Apple.

Agora, quase dezasseis anos depois e 25 versões lançadas, o portfólio iPod da Apple volta, ironicamente, a ficar reduzido a um dispositivo.

Já que está numa onda Apple, aproveite para comprar um Apple Watch!

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].