Canais TVCine homenageiam Nicolau Breyner

O cinema sempre foi uma das granes paixões de Nicolau Breyner, apesar de ser da TV que o público português tem as suas principais recordações. Os canais TVCine assinalam a sua morte com uma homenagem focada na Sétima Arte.

É já no próximo Domingo, dia 20 de Março, que o TVCine 2 vai dedicar a sua programação a Nicolau Breyner, coma exibição de cinco filmes protagonizados pelo actor.

A emissão especial Recordar Nicolau Breyner começa às 15 horas com Crónica dos Bons Malandros, (1984), de Fernando Lopes, um filme feito a partir do livro homónimo de Mário Zambujal. Ao “malandro” Nico juntam-se João Perry, Lia Gama, Maria do Céu Guerra e Pedro Bandeira Freire.

Às 16:25 segue-se Os Imortais (2003), de António-Pedro Vasconcelos. O filme revisita a história de quatro antigos comandos que se consideram imortais, intocáveis, acima de tudo e de todos, inclusivamente da lei. O que não contavam era que o inspector da PJ Joaquim Malarranha (um implacável Nicolau Breyner) se atravessasse no seu caminho.

De seguida, às 18:35, é exibido A Teia de Gelo (2012), um filme realizado pelo próprio Nicolau Breyner, que junta o fantástico e o oculto a um grande golpe financeiro. Jorge (Diogo Morgado) desvia dinheiro da empresa onde trabalha mas é descoberto pelo patrão (Nicolau Breyner).

O Especial Recordar Nicolau Breyner continua às 20:20 com 7 Pecados Rurais (2013), também com a sua realização. Quando Quim Roscas (João Paulo Rodrigues) e Zeca Estacionâncio (Pedro Alves) vão parar ao céu depois de terem morrido ‘esbardalhados’ contra um rebanho de ovelhas, os dois castiços têm que aceitar as condições de Deus (Nicolau Breyner) se quiserem voltar à vida.

Finalmente, às 22 horas chega Os Gatos Não Têm Vertigens (2014), de António Pedro Vasconcelos, um grande sucesso de bilheteira do cinema português e o filme com maior êxito comercial do histórico realizador.

Nicolau Breyner é o marido de Rosa (Maria do Céu Guerra), que não aceita que ele morreu e que insiste em conversar com ele como se ainda estivesse vivo.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].