Marlene: o novo restaurante da chef Marlene Vieira é um piscar de olho às Estrelas Michelin?

©Manuel Manso | Marlene Vieira
©Manuel Manso | Marlene Vieira

Depois de dois anos a “cozinhar”, o novo espaço de Marlene Vieira abre esta semana ao público no Terminal Internacional de Cruzeiros de Lisboa, onde já existia o ZunZum.

O Marlene é o projecto mais pessoal de sempre da chef que lhe dá o nome – a “mãe” deste restaurante é a chef Marlene Vieira, que agora dá à luz um conceito gastronómico que pode ser a próxima Estrela Michelin portuguesa, a primeira para uma mulher.

Este restaurante tinha abertura prevista para 2020, mas a pandemia forçou a alterar os planos. Dois anos depois, o Marlene nasce mesmo em Lisboa, paredes meias com outro restaurante da chef, o ZunZum.

Dois menus de degustação: 130 e 95 euros

Aqui, Marlene Vieira continua a apostar numa das suas imagens de marca, o «receituário português», mas agora «modernizado através de uma combinação de técnicas contemporâneas numa proposta pautada pelos produtos de época e pela sustentabilidade».

Segundo a chef, a ementa do Marlene «terá uma rotatividade muito grande», tendo em conta os «produtos que estiverem disponíveis. O restaurante serve apenas jantares de Quarta a Sábado (das 19:30 às 23:30) e não tem opções à la carte – ao contrário disso, existem apenas dois menus de degustação.

Um com doze momentos (pratos), por 130 euros, e outro com sete, por 95 euros. Nenhum inclui harmonização vínica – por falar em vinhos, a sommelier é Gabriela Marques, que chega do Ritz Four Seasons.

©Manuel Manso - Marlene
©Manuel Manso – O Marlene tem uma cozinha aberta, em ilha, rodeada por um balcão.

Restaurante minimalista, com 31 lugares

Em relação ao ambiente de decoração, Marlene Vieira destaca um espaço «minimalista e elegante» (tem apenas 31 lugares), com «uma beleza simples, à média luz», com «cores da madeira escura das mesas, em nogueira».

Um dos pontos de interesse é a «cozinha aberta, em ilha ao centro do restaurante», com um balcão onde se podem servir refeições. O projecto de arquitectura foi assinado por Ricardo Paulino e Ivone Gonçalves.

Para reservas, pode usar o e-mail [email protected] ou o telefone 912 626 761.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].