Tejo a Copo está de volta a Santarém. Há vinhos de quase trinta produtores para provar em seis horas

©Tejo a Copo / CVRT
©Tejo a Copo / CVRT

Dia 12 de Março, o Convento de São Francisco volta a receber o Tejo a Copo.

A pandemia “travou” a realização de vários eventos de gastronomia, mas com o regresso à normalidade previsto para Março, é natural que a agenda comece a ficar com várias marcações para os próximos meses.

Uma delas será a do Tejo a Copo, que regressa depois de em 2021 ter sido suspenso, devido às medidas de restrição tomadas pelo Governo, num período em que o País era atingido pela terceira vaga da pandemia de COVID-19.

Mais uma vez, o evento toma conta do Convento de São Francisco em Santarém, este ano no dia 12 de Março, das 15 às 21 horas. Vão ser seis horas para provar vários de vinhos de 26 produtores da Comissão Vitivinícola Regional do Tejo.

©Tejo a Copo / CVRT
©Tejo a Copo / CVRT | Como é tradição neste evento, vai ser possível participar em conversas sobre vinho com o sommelier Rodolfo Tristão.

Copos de prova custam três euros

Entre os participantes estão a Adega de Almeirim, a Companhia das Lezírias, Fiúza, Quinta da Alorna, Quinta da Ribeirinha, Santos & Seixo e os Vinhos Zé da Leonor. O evento conta ainda com a participação do restaurante OH! Vargas e da Loja do Sal, que vão servir petiscos e vender produtos regionais.

A entrada no Tejo a Copo é gratuita, mas provar vinhos obriga a comprar um copo, que custa três euros; cada petisco fica por cinco euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].