Português cria site We Help Ukraine para ligar ucranianos em dificuldades a quem quer oferecer ajuda

© wehelpukraine.org
© wehelpukraine.org

Há um novo site, criado esta semana por Hugo de Sousa, que vai ajudar ucranianos afectados pela guerra com a Rússia: o We Help Ukraine.

O objectivo é encontrar pessoas para dar apoio financeiro, psicológico, logístico, além de oferecer medicamentos, alojamento e aulas de línguas. Este site é simples: tem apenas uma curta descrição do propósito, que explica como é que as pessoas podem ajudar os cidadãos ucranianos que estão a fugir do país.

Além disto, há apenas um e-mail para onde devem ser enviados os pedidos ou a disponibilidade de quem quer ajudar: [email protected].

Há ainda um formulário de registo (‘Register to help’) que ainda não está activo. Em breve, o We Help Ukraine vai ter ainda «um contact center em inglês, português e ucraniano para atendimento por telefone, e-mail, mensagens instantâneas, videoconferência e outros canais de comunicação».

Apesar de ser um site criado em Portugal (registado pelo Instituto Kaizen), a ideia é ser uma «plataforma global» que liga «pessoas a precisar de ajuda na Ucrânia, ou em fuga, com pessoas e organizações que podem fornecer apoio» – o porta voz do We Help Ukraine descreve o site como uma espécie de «Airbnb».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].