O primeiro Yakuza “internacional” de Olivier fala francês: fica em Paris, ao lado do Museu do Louvre

©Yakuza Paris
©Yakuza Paris

Depois de o Seen ter chegado ao Brasil e à Tailândia, Olivier aposta na internacionalização do Yakuza. O restaurante abriu no hotel Le Vendome, em Paris.

A capital francesa acaba de se juntar a Albufeira, Cascais, Lisboa e Porto como “casa” do Yakuza, o restaurante japonês criado por Olivier. O espaço fica no hotel Le Vendome, a quinze minutos a pé do Museu do Louvre, no 2.º arrondissement (bairro).

Este Yakuza é a quarta incursão do chef português no estrangeiro, depois de ter aberto quatro Seen: dois na Tailândia (Bangkok e Koh Samui) e Brasil (São Paulo).

©Yakuza
©Yakuza | O novo restaurante de Olivier em Paris fica no Hotel La Vendome.

O hotel onde abre agora o Yakuza “francês” pertence ao mesmo grupo do Le Monumental Palace, onde Olivier tem o restaurante do Porto, na Avenida dos Aliados: Maison Albar.

Na carta deste Yakuza destacam-se vários pratos que já estavam nos restaurantes de Portugal: a Pata de Caranguejo Grelhada com Molho Miso, o Kobe Gunkan com Wagyu, foie gras, cebola confitada e teriyaki, os tacos Sakana, os pratos saídos da grelha japonesa Robata e a mousse de chocolate KitKat.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].