Estudo da eDreams diz que a maioria dos portugueses gostava de poder viajar com animais de estimação

©Chris Curry
©Chris Curry

A agência de viagens online eDreams fez um inquérito a nível europeu e concluiu que 55% dos portugueses que têm animais de estimação gostariam de viajar com o cão ou o gato.

A maioria dos portugueses gostava de poder fazer uma viagem com o seu cão ou gato. Se de automóvel ou comboio, o processo é mais ou menos simples, de avião começam os problemas: Ryanair e easyJet só permitem a entrada de cães guia, embora a TAP autorize animais de estimação nos seus voos – ainda que com várias regras e compra de bilhete próprio.

É com esta realidade em pano de fundo que 55% dos portugueses, donos de animais de estimação, responderam ‘sim’ quando a agência de viagens online eDreams perguntou sobre viagens com cães ou gatos. Este resultado é superior em cinco pontos percentuais à média europeia, revela a agência.

Minoria desaprova viagens com animais

«Algumas das percepções mais realçadas neste estudo são que os portugueses acreditam que os animais também precisam de férias [resposta de 39% dos inquiridos] e gostam de conhecer os animais das outras pessoas durante as suas viagens [idem, 38%»], justifica a eDreams.

Do universo de inquiridos pela eDreams, apenas 7% deixou clara a desaprovação por féria/viagens com animais e assumiu a preferência por ficar em hotéis ou outras unidades que não permitam a estada de cães ou gatos.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].