Volvo quer acabar com motores a combustão até 2030 e vai lançar um novo automóvel eléctrico por ano

A marca sueca Volvo tomou um conjunto de medidas para tornar os seus automóveis mais “verdes” até 2030. Até lá, está previsto o lançamento de um modelo eléctrico por ano.

Os motores a gasóleo ou gasolina têm os dias contados na Volvo. A empresa decidiu acabar com a produção de automóveis tradicionais ou híbiros e, em 2030, quer ter apenas modelos eléctricos. Para isso, a marca quer lançar um veículo destes por ano.

De momento, a Volvo tem apenas dois modelos deste génro (o XC40 e o novo C40, ambos Recharge) e conta com uma sub-marca de veículos 100% eléctricos, a Polestar.

«Não existe futuro a longo prazo para os automóveis com motor a combustão interna», disse Henrik Green, chief technology officer da Volvo.

A marca quer ainda «aumentar a percentagem de materiais reciclados e sustentáveis nos automóveis até 2025»: as metas são 25% de plástico, 40% de alumínio e 25% de aço.

O C40 Recharge, o segundo automóvel eléctrico da marca (na foto/vídeo), anunciado hoje, é o primeiro «sem qualquer componente em pele de origem animal».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].