©Ar de Filmes
©Ar de Filmes

Academia Portuguesa de Cinema escolhe Ordem Moral para concorrer a Melhor Filme Ibero-Americano

Está escolhido o filme português que vai representar Portugal na edição 2021 dos prémios Ariel, no México. Ordem Moral conta a história da filha do fundador do Diário de Notícias.

A Academia Portuguesa de Cinema já escolheu o filme que vai tentar trazer o prémio Ariel de Melhor Filme Ibero-Americano para “casa”. Ordem Moral (de Mário Barroso) conta a história de Maria Adelaide Coelho da Cunha, filha do fundador do jornal Diário de Notícias.

Com argumento de Carlos Saboga, e «baseado em factos verídicos», o filme centra-se na fuga de Maria Adelaide Coelho da Cunha com o antigo motorista da família, 26 anos mais novo, e consequente internamento num hospício, onde é «declarada louca e incapaz por Júlio de Matos, Egas Moniz e Sobral Cid».

Será isto que vai permitir ao marido «vender o jornal e entregá-lo ao serviço dos poderes que irão instituir a ditadura poucos anos depois».

Quarto filme português mais visto em 2020

Ordem Moral conta com Maria de Medeiros, Marcello Urgeghe, João Pedro Mamede, Albano Jerónimo, João Arrais, Júlia Palha, Sónia Balacó, Ana Padrão, Vera Moura, Dinarte Branco, Rita Martins, Miguel Borges, Jorge Mota e Ana Bustorff nos principais papéis.

O filme estreou em Portugal em Setembro de 2020 e terminou o ano na quarta posição das produções nacionais mais vistas: 10 884 espectadores e uma receita de bilheteira de quase 58 mil euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].