©Grasshopper Film | Vitalina Varela
©Grasshopper Film | Vitalina Varela

Vitalina Varela no lugar de Listen: Academia Portuguesa de Cinema vota novo filme para os Óscares

Depois do erro da Academia Portuguesa de Cinema que levou à recusa da participação de Listen nos Óscares, foi votado um novo filme, em três dias: Vitalina Varela.

O filme de Pedro Costa, que conta a história de uma mulher que está «grande parte da sua vida à espera de visitar o marido emigrado em Portugal», mas que apenas chega ao País «três dias depois do seu funeral» é a nova proposta nacional para os Óscares 2021.

A Academia Portuguesa de Cinema tinha votado Listen como o possível representante português nas próxima edição destes prémios de cinema, mas o filme foi recusado por não cumprir um dos critérios para a nomeação de Melhor Filme Internacional: 50% tinha de ser falado noutra língua que não o inglês.

Mesmo assim, a Academia Americana de Cinema deu uma segunda oportunidade aos responsáveis portugueses, que acabaram por fazer uma votação “relâmpago”: o júri indicou Vitalina Varela como o candidato nacional para tentar entrar na shortlist de nomeados para os Óscares 2021.

Agora, segue-se a avaliação dos membros da Academia Americana de Cinema e, no início de 2021, saber-se-à se o filme português consegue mesmo fazer parte da lista final de cinco títulos que podem ganhar o Óscar – se isso acontecer, será a primeira vez na história do cinema nacional.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].