Sérgio Praia e Sandra Faleiro entre os vencedores do Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA

©Leopardo Filmes | A Herdade
©Leopardo Filmes

A XIII edição do Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA teve uma novidade: pela primeira vez, foram distinguidos três actores em cada categoria.

É um galardão dado a actores por actores. Os prémios da Fundação GDA (Gestão dos Direitos dos Artistas) tiveram este ano a sua décima terceira edição, com uma novidade: houve três vencedores nas três categorias, com protagonistas de filmes que estrearam em 2019 e 2018.

O júri, composto por Pompeu José, Natália Luíza e Rita Cabaço, distinguiu Flávio Hamilton (Os Dois Irmãos), Sandra Faleiro (A Herdade – na foto) e Sérgio Praia (Variações) como os melhores actores principais.

Já os prémios de melhor actor secundário foram para Filipe Duarte (Variações) João Pedro Mamede (A Herdade) e Catarina Wallenstein (Mar). Finalmente, para o júri do Prémio Atores de Cinema da Fundação GDA, os novos talentos são Igor Regalla (Gabriel), Beatriz Brás (A Herdade) e Ana Vilela (A Herdade).

Estas distinções são acompanhadas de prémios monetários: os melhores actores principais recebem três mil euros, os melhores actores secundários ganham dois mil euros e os novos talentos levam mil euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].