Sara Barros Leitão é a primeira vencedora do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II

Actriz, criadora, encenadora, assistente de encenação e dramaturga. A polivalência e o espírito de iniciativa de Sara Barros Leitão valeu-lhe este primeiro prémio de teatro do D. Maria II.

A primeira edição do Prémio Revelação Ageas Teatro Nacional D. Maria II consagrou Sara Barros Leitão. Com trinta anos, a actriz tema acumulado projectos de dramaturgia nos últimos anos, muitos deles iniciativa da sua «estrutura de criação»: a Cassandra.

Sara Barros Leitão é «actriz, criadora, encenadora, assistente de encenação e dramaturga», lembra o Teatro Nacional D. Maria II e destaca-se pela «grande qualidade artística» e por mostrar «coerência em todas as suas atitudes», justifica Carlos Avilez, residente do júri que atribuiu o prémio.

Prémio de cinco mil euros já tem destino

Além do troféu, uma “lágrima” em cristal retirada do lustre que está na sala Almeida Garrett do Teatro D. Maria II, Sara Barros Leitão vai receber ainda cinco mil euros, um valor que será investido num projecto a desenvolver em 2021: Heroides – Clube do Livro Feminista.

Se quiser conhecer mais sobre o trabalho de Sara Barros Leitão, pode ouvir a entrevista da primeira vencedora deste prémio revelação no mais recente episódio do podcast Teatra, do D. Maria II.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].