©Micha Dell Prane
©Micha Dell Prane

Festa do Cinema Francês 2020 passa por quatro cidades e é uma homenagem à activista Delphine Seyrig

A edição deste ano foca-se nos filmes da actriz, realizadora e activista Delphine Seyrig.

Este ano, o festival que nos uma selecção dos melhores filmes franceses actuais e intemporais começa em Lisboa, a 8 de Outubro, e só acaba no Porto, a 4 de Novembro. Além destas duas cidades, a Festa do Cinema Francês viaja ainda até Coimbra e Almada.

O grande destaque deste ano é a obra da obra actriz, realizadora e activista Delphine Seyrig (à esquerda, na foto de destaque), que participou em filmes de Alain Resnais, François Truffaut, além de colaborações com Joseph Losey, Marguerite Duras e Chantal Akerman.

Filmes seleccionados passam online

No programa estão filmes de Delphine Seyrig como Femmes au Vietnam, Les Trois Portuguaises, Pour Mémoire e Sois Belle Et Tais Toi!. Em co-programação com a Cinemateca Portuguesa, esta edição da Festa do Cinema Francês vai ter ainda uma «extensão online», com a exibição de «filmes seleccionados em plataforma VoD».

Para já ainda não há informações sobre os horários dos filmes ou as salas que vão receber este festival de cinema fancófono: para acompanhar as novidades pode ver o site oficial, aqui.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].