Unik Facial Recognition ©Uniksystem
Unik Facial Recognition ©Uniksystem

Unik Facial Recognition quer implementar uma tecnologia que consegue medir a temperatura à distância

A empresa nacional Uniksystem lançou um «sistema biométrico» para a «medição de temperatura à distância» que chega numa altura em que o País «precisa de levantar algumas restrições para relançar a actividade económica».

O Unik Facial Recognition é uma plataforma de controlo de acessos à distância que possibilita um «rápido e preciso rastreio de temperatura apenas através do reconhecimento facial, garantindo a fluidez da entrada e saída de pessoas».

Esta pode ser uma forma de detectar rapidamente se uma pessoa tem um dos principais sintomas da COVID-19 (a febre) e, segundo a empresa pode ser usada em «escolas e universidades, serviços públicos, linhas de produção industriais, escritórios, hospitais, lojas e supermercados, aeroportos, entre outros».

Resultados das medições de temperatura demoram dois segundos

A medição da temperatura por reconhecimento facial com este sistema dura apenas «dois segundos» e pode ser feita em até «cinco pessoas em simultâneo», a uma distância de «dois metros».

«Caso uma temperatura mais elevada seja detectada, o sistema acciona um alarme ou poderá mesmo negar a entrada da pessoa em questão, estando integrado com um sistema automatizado de controlo de acessos», diz Jorge Pereira, CEO da Uniksystem.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].