©Ferro Gaita Tremor 2020

Festival Tremor anuncia mais vinte confirmações e os Açores vão dançar ao ritmo do funaná

por • 15 Janeiro, 2020 • MúsicaComentários fechados em Festival Tremor anuncia mais vinte confirmações e os Açores vão dançar ao ritmo do funaná226

Quase um mês depois de termos ficado a conhecer os primeiros nomes do Festival Tremor, a organização anunciou mais duas dezenas de confirmações, de vários estilos musicais.

O festival que chega à ilha de São Miguel na Primavera, revelou mais vinte nome que vão fazer parte do alinhamento e que se juntam aos outros dezoito que já tinham sido anunciados em Dezembro. Para já, são, assim, quase quarenta, as confirmações para o Tremor 2020.

Como é habitual, o Tremor vai contar, além dos concertos, com «residências artísticas, performances surpresa e o diálogo entre artistas locais e convidados e outras formas de arte». Um pouco por toda a ilha, há salas que vão receber as várias actuações desta, que será a sexta edição do festival açoriano.

Ferro Gaita é a principal confirmação desta segunda fase

Hoje ficou-se a saber que, nestas actuações, vamos poder ver os Ferro Gaita, a principal confirmação desta segunda leva de artistas anunciados pelo Tremor. A dupla de artistas multimédia Push 1 Stop & Wiklow, que junta a projecção de vídeo à música, é outro dos nomes assegurados.

Na lista de confirmações está ainda Anna Meredith, 33EMYBW e Ko Shin Moon, Samuel Martins Coelho, Warmduscher GIO (Giovani Cidreira), Gonzo e os açorianos Luís Gil Bettencourt e Mário Raposo (AV Cactus Sessões).

Bilhetes para o Tremor 2020 já estão à venda e custam 50 euros

Especialmente para as sessões de clubbing, o Tremor destaca os La Flama Blanca, Instituto Fonográfico Tropical, DJ Fitz, Milhafre e Gaivota e Goldfish, Good in Da’Hood e Huntz Huntz.

A sexta edição do Festival Tremores acontece entre 31 de Março e 4 de Abril e os bilhetes já estão à venda na BOL, FNAC, Worten, CTT e La Bamba Bazar Store Ponta Delgada com um preço de cinquenta euros, para os cinco dias.

O Tremor não tem passes diários e, a partir de 1 de Março, o preço sobe para os sessenta euros. Para mais informações, pode consultar o site do festival. Para abrir o apetite, a organização criou uma playlist no Spotify onde pode ir ouvindo as músicas das bandas que vão estar nesta edição do festival.