©Glovo Unicórnio
©Glovo Unicórnio

Glovo. A app de entregas transforma-se em unicórnio, depois de um investimento de 150 milhões de euros

A app de entregas que concorre em quase todos os mercados onde está com a Uber Eats acaba de se transformar em unicórnio, depois de ter recebido um último investimento de 150 milhões de euros.

A Glovo anunciou a sua entrada para o clube das empresas considerados ‘unicórnios’. Esta é uma designação associada a start-ups que conseguem uma avaliação de, pelo menos, mil milhões de dólares.

Foi isto que aconteceu com a Glovo, depois de conseguir 150 milhões na sua última ronda de financiamento, liderada pela Mubadala, uma empresa de investimento com sede em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. A Drake Enterprises, a Idinvest e a Lakestar foram os outros participantes.

Glovo é a segunda empresa espanhola a ter status de unicórnio

Com estes 150 milhões de euros, a Glovo torna-se apenas a «segunda empresa espanhola a superar uma avaliação de mil milhões de dólares»; a primeira foi a eDreams, o site de busca de voos.

«Ter alcançado o status de unicórnio é algo verdadeiramente emocionante e uma prova do talento da empresa e da nossa determinação em continuar a inovar e criar ofertas disruptivas nas entregas on-demand», disse Oscar Pierre, co-fundador e CEO da Glovo.

Em Portugal, a Glovo está em dezoito cidades nacionais, com as mais recentes a serem Vila Real, Ponta Delgada e o Funchal. No País, a Glovo tem, além do serviço de entregas convencional, uma assinatura mensal que evita o pagamento da taxa de entrega – a Glovo Prime.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].