Opel Corsa-e
Opel Corsa-e

Nova gama Opel Corsa chega a Portugal e traz uma grande novidade: um automóvel eléctrico

A sexta geração do Opel Corsa acaba de chegar em Portugal, mas desta vez vai além dos motores a gasolina. Os eléctricos estreiam-se nesta gama com o e-Corsa.

Foi há 36 anos que a gama Corsa da Opel começou a ser comercializada; na altura, e com o mercado dos automóveis citadinos a crescer na Europa, a marca decidiu criar um compacto e baptizou-o com a palavra italiana para corrida: ‘corsa’.

Nestas quase quatro décadas de vida, o Opel Corsa tornou-se um dos automóveis mais populares em Portugal e, hoje em dia, ainda vemos bastantes modelos da primeira e segunda geração (B e E, respectivamente a circular pelas estradas).

E média, uma geração Corsa fica no mercado sete anos, mas esta é a que menos tempo levou a chegar ao mercado desde a mais recente, a E., lançada em 2014. Assim, apenas cinco anos depois, estão aí os novos Corsa e, desta vez, com um modelo totalmente eléctrico.

Começamos pelos Corsa com motores de combustão: os preços começam nos quinze mil euros e há três linhas de equipamento, cada uma delas com uma versão a diesel. De, resto é na gasolina que a Opel mais aposta nesta nova geração, com seis automóveis.

O Corsa Edition é o modelo de entrada de gama (com motores de 75 e 100 cavalos), seguido pelo Corsa Elegance (idem) e pelos mais completos e rápidos Corsa GS-Line (com um máximo de potência de 130 cavalos). Os preços desta linha de topo da Opel começam nos 19 360 euros e há ainda outra novidade: uma caixa automática opcional de oito velocidades, que a Opel diz ser a «primeira» do género neste segmento.

Mas é mesmo o Corsa-e que se destaca da nova oferta da Opel em Portugal. A marca alemã (que pertence ao Grupo PSA) não é propriamente novata na gama eléctrica, uma vez que já tinha um automóvel deste tipo no seu portfólio: o Ampera, lançado em 2011, embora ajudado por um motor a combustão.

Em 2017, a Opel renovou este automóvel, tornou-o totalmente eléctrico, deu-lhe dimensões mais compactas e chamou-lhe Ampera-e. Com um motor de 150 kW (204 cavalos), a sua autonomia rondava os 400 km.

Contudo, o seu preço, demasiado alto para a época, tornou-o um automóvel difícil de vender, o que fez com que o Ampera-e (foto em cima) tivesse desaparecido do mapa – hoje nem faz parte do portfólio da Opel em Portugal, sequer.

Mas esto conceito ‘-e’ não foi deitado fora pela Opel e, em 2019, a nova incursão da marca alemã no mercado dos eléctricos é feita, tudo leva a crer, de forma mais segura, com o Corsa-e.

Primeiro, porque o mercado dos eléctricos começa a entrar em velocidade de cruzeiro e, depois, os compactos com estes motores têm estado a ser os grandes sucessos de vendas, como acontece com o Zoe da Renault ou o Leaf da Nissan.

A aposta num Corsa eléctrico, por parte da Opel, era quase inevitável, para não deixar fugir a concorrência neste segmento – e, pelas características que marca partilhou, este automóvel pode ser um caso de sucesso em Portugal.

As primeiras unidades só têm data de previsão de chegada entre Novembro de 2019 e Janeiro de 2020. Antes disso vai haver um período de encomendas. Com um preço que começa nos 29 990 euros (bem ajustado à realidade), o Corsa-e promete uma autonomia de 330 km e traz um motor com 100 kW (136 cavalos).

A bateria de 50 kWh do Opel Corsa-e pode, segundo a marca, «receber carga rápida, atingindo 80 por cento da capacidade total em trinta minutos». em termos de desempenho, este modelo acelera dos 0 aos 50 km/h em 2,8 segundos.

No equipamento de série (comum a todas as quatro versões Selection, Edition, Elegance e First Edition) encontramos um computador de bordo com «reconhecimento de sinais de trânsito, alerta de cansaço do condutor, alerta de colisão dianteira iminente com reconhecimento de peões e travagem automática de emergência, e programador de velocidade com limitador, entre outros», sublinha a marca.

Todos estas automóveis trazem ainda o sistema de infoentretenimento IntelliLink da Opel com ecrã tátil de sete polegadas, compatível com Apple CarPlay e Android Auto e que também vem com o «novo serviço assistência em viagem Opel Connect».

Para saber mais detalhes sobre estes novos automóveis eléctricos pode aceder a uma zona especial do site da Opel Portugal onde pode ainda subscrever uma newsletter para ficar a par das novidades e saber quando abrem as encomendas deste novo Corsa-e.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].