MOTELX 2018 Lisboa
MOTELX 2018 Lisboa

MOTELX: o guia completo para para o festival de cinema de terror que vai assustar Lisboa

Em 2018, o MOTELX é principalmente dominado pela ante-estreia exclusiva do mais recente filme do Universo Conjuring: The Nun. Mas há mais para ver: curtas (ao almoço), presenças de nomes ligados a filmes de culto e cinema para crianças.

A edição de 2018 do MOTELX começa dia 4 de Setembro, terça-feira (e termina dia 9), com a sessão de abertura a ser dominada pela passagem do filme The Nun, do Universo Conjuring. Este é o capítulo que, na linha cronológica desta saga, dá início à série, com a acção a decorrer em 1952.

Esta freira maldita apareceu pela primeira vez no filme Conjuring 2 e agora tem um filme totalmente dedicado. Curiosamente, Taissa Farmiga (irmã de Vera Farmiga, a protagonista dos filmes Conjuring) também tem um papel principal neste filme.

O capítulo conta a origem do mal da saga e passa-se no convento de Cârţa, na Roménia, onde um padre, uma noviça (Taissa Farmiga) e uma freira investigam uma força malévola que se manifestou neste sítio.

Infelizmente, a organização do MOTELX não colocou bilhetes à venda para a sessão de abertura com o filme The Nun – a alternativa é conseguir entradas através de passatempos, embora muitos já tenham acabado.

Quem não conseguir lugar na sala Manoel de Oliveira do São Jorge para ver The Nun – A Freira Maldita (21:30) vai ter de esperar até quinta-feira, dia 7 de Setembro, data em que o filme estreia em Portugal.

Convidados do MOTELX 2018

Leigh Whannell, Pascal Laugier, Xavier Gens, Paco Plaza, Solveig Nordlund, Stephen Thrower e Luís Sequeira são alguns dos convidados deste ano do Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa. Todos vão acompanhar as sessões dos seus filmes.

O criador de Saw e de Insidious, Leigh Whannell, vai estar presente no MOTELX 2018 para apresentar o seu mais recente filme Upgrade, que conta a história de um tecnofóbico a quem implantam um chip que lhe dá poderes especiais – daí o nome, Upgrade (Actualização). Este filme passa às 21:30 de 7 de Setembro, antecedido pela curta A Estranha Casa na Bruma.

Quem também vem à exibição das suas obras são os franceses Pascal Laugier e Xavier Gens, realizadores de Cold Skin (dia 5, às 21:15) e Ghostland (dia 6, às 21:20), respectivamente.

Paco Plaza, é outro dos principais convidados. O realizador REC, Paco Plaza, é outro destaque do leque de convidados: vem à sessão de Veronica, o seu mais recente filme, que passa dia 8 de Setembro às 21:15.

Solveig Nordlund, a realizadora de Aparelho Voador a Baixa Altitude (uma co-produção sueca e portuguesa, dia 9, às 19:10) será homenageada na secção Quarto Perdido – esta é a primeira vez que esta secção se dedica inteiramente a apenas uma cineasta.

O MOTELX 2018 vai contar ainda com o compositor Stephen Thrower, que será jurado no Festival, e que vai moderar um debate com Andy Nyman, um dos criadores do novo filme Ghost Stories, sobre o processo de adaptação da peça de teatro original, histórias de fantasmas tradicionais e como perturbar o espectador.

Outra presença a assinalar é a de Luís Sequeira, figurinista lusodescendente que esteve na produção de Shape of Water, e que vai conduzir uma masterclass dedicada ao guarda-roupa em cinema de terror.

Competição de Curtas

O terror nacional subirá ao palco com doze curtas-metragens portuguesas a concorrerem pelo Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror e duas longas a competirem pela primeira vez pelo Prémio MOTELX – Melhor Longa de Terror Europeia / Méliès d’Argent.

Algumas sessões de cinema começam também com curtas-metragens de outros países e há ainda a competição Yorn microCURTAS, que vai premiar filmes gravados com smartphones. Durante o MOTELX será apresentada a colecção das trinta melhores curtas, com a indicação de uma vencedora, com os prémios ainda por definir.

Cinema para Crianças – Lobo Mau

O Lobo Mau vai voltar a “uivar” durante o mais uma edição do Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa, o MOTELX. Este ano, a programação inclui «cinema, workshops, jogos e outras actividades».

Além da Cinemateca e do Cinema São Jorge, o Lobo Mau vai andar pelo Museu Coleção Berardo, onde crianças com mais de oito anos vão poder assistir a uma selecção de curtas-metragens que abordam temáticas relativas ao meio ambiente e às alterações climáticas.

Segundo Sara Lopo, da equipa de programadores do festival, o objectivo é juntar pais e filhos: «Decidimos criar e continuar a aumentar uma programação que promova a interacção das crianças com este género e aproxime as famílias em torno do terror». Pode ler mais sobre as actividades do Lobo Mau aqui.

Locais de exibição dos filmes MOTELX e bilhetes

Como tem acontecido todos os anos, o São Jorge é o “quartel general” do Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa. O dia 4 começa com a exposição ‘Os Contos Mais Arrepiantes de H.P. Lovecraft’, com trabalhos a preto e branco de 22 ilustradores nacionais, às 20 horas. Todos os principais filmes são exibidos aqui.

A Cinemateca Júnior (Palácio Foz, Praça dos Restauradores) abre as portas dia 6, 7 e 8, às 15 horas, com o Lobo Mau, para três sessões de curtas-metragens Sustos Curtos, com a duração de uma hora, para crianças a partir dos seis anos.

O Museu Colecção Berardo (CCB) recebe um jogo, Uma Narrativa de Horrores, onde as crianças têm de contar uma história depois de escolherem à sorte cinco cartas. É às 10:30, dia 8 de Setembro, e tem a duração de uma hora.

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais (Fnac, Worten, El Corte Inglés, ABEP, entre outros), incluindo a Ticketline. O preço normal de um bilhete é de 4 euros, mas as sessões de curtas à hora do almoço ficam apenas por 2 euros.

As sessões duplas ficam por 5 euros e a sessão de encerramento tem bilhetes a 4 euros. Há ainda alguns descontos a ter em conta e mais informações para consultar no site oficial do MOTELX.

Como chegar ao MOTELX – Cinema São Jorge

Este ano, a organização do MOTELX arranjou um parceiro de mobilidade, uma moda que tem sido hábito em vários eventos do género, sobretudo em festivais de Verão. A escolhida é a DriveNow, um serviço de car-sharing da BMW em que podemos alugar e conduzir um automóvel.

Durante todo o período do MOTELX, a DriveNow vai ter acções promocionais para quem se quiser deslocar para assistir aos filmes, com bónus para actuais e novos clientes, que têm a oferta de vinte minutos de condução. O TRENDY já explicou como funciona este serviço de car-sharing da BMW – pode ler o artigo aqui.

Os transportes públicos também são a melhor alternativa ao automóvel. Pode chegar a Lisboa (zona da Baixa/Restauradores/Rossio) de comboio, pela CP: depois é só subir um pouco até ao São Jorge. Se escolher o Metro, pode sair nas estações Avenida ou Restaurandores; de autocarro Carris, há várias carreiras que param mesmo em frente ao cinema, como a 746, a 711, a 736.

Links úteis

Horários as sessões do MOTELX 2018
Onde ficar em Lisboa – Hotéis oficiais MOTELX
Eventos paralelos às sessões de cinema
Biografias de todos os convidados do MOTELX

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].