Lisboa Dance Festival tem novos nomes e novos espaços

À segunda edição, o Lisboa Dance Festival vai crescer. Estão prometidos mais espaços, dentro da Lx Factory e hoje foram anunciados mais nomes para o cartaz – que está quase alinhavado – além dos temas das diferentes talks.

Nem só de música se faz um festival: isto é ponto assente no Lisboa Dance Festival, que tem mesmo no seu ADN a marca «Music. Talks. Market». A visita para conhecer os espaços do festival começa pelo Hostel Dorm, que vai receber o espaço B2B – Back to Back, que receberá uma batalha entre músicos. Se acha que um hostel não é o melhor sítio para fazer barulho, a organização diz que este será mesmo o espaço para contrariar essa ideia. «Este festival é conhecido por espaços diferentes», diz Pedro Trigueiro, da organização. «Se acham que há pouco espaço aqui, é mesmo suposto ser assim. É para ser um espaço apertado, é suposto ser sufocante», conta.

Lisboa Dance Festival - Nash Does Work
Fotografia Nash Does Work

É pelo hostel e pelo espaço B2B que vão passar os desafios de vários músicos. Ficaram hoje confirmados os modos B2B de Rita Maia vs Satelite, Nitronious vs Darksunn, além de Dupplo vs Señor Pelota, Sam the Kid vs DJ Big, Riot vs Nuno Forte e Stereossauro vs Kwan. Como dá para perceber pelos nomes, estão prometidas várias frentes da electrónica, sejam elas nos estilos afro, no hip hop e muito mais.

Depois do hostel, o Café da Fábrica. Este vai ser o espaço para as conversas de café, mas com uma particularidade: estas vão ser transmitidas na rádio. Este espaços será também uma espécie de quartel general do festival para a Antena 3, já que está logo à entrada do Lx Factory.

Ler Devagar - Fotografia Nash Does Work
Livraria Ler Devagar – Fotografia Nash Does Work

Na Livraria Ler Devagar, vai poder ver bem mais do que livros. O Clube Antena 3 fica por lá, num espaço nada óbvio da livraria, onde vai ser possível ouvir as últimas apostas da música portuguesa. Rumando à sala Zoot, no edifício central da LX Factory, estão prometidas horas de programação de Moullinex e Branko. Ou melhor – oito horas de programação para cada um dos músicos. Este é um dos pontos que ainda estão por anunciar no cartaz do Lisboa Dance Festival. A organização promete ainda que a decoração do espaço vai estar fortemente ligada à estética visual dos dois artistas. É esperar para ver.

Na Fábrica XL, vai poder ver os nomes maiores do festival, como Mount Kimbie, George FitzGerald ou Hercules & Love Affair.

Fábrica L - Foto Nash Does Work
Fábrica XL – Fotografia Nash Does Work

Um dos nomes anunciados foi a dupla Ghost Hunt, que actuará no Clube Antena 3. A completar as confirmações, o veterano DJ Glue, Lince ou Harold – um dos nomes mais frescos do hip hop nacional, vincado na sua estreia a solo no disco Indiana Jones.

A completar tudo, aqui fica o programa das Talks e Masterclasses do Lisboa Dance Festival, que se realiza de 10 a 11 de Março.

Girl Power – debate com Isilda Sanches (Antena 3), Caroline Lethô, Sonja, Rita Maia e Karla Campos.
Local É Global – debate com Pedro Coquenão, Kking kong, Luís Oliveira (Antena 3), Nuno Saraiva (Why Portugal).
O Fenómeno Hip Hop – debate com Rui Miguel Abreu (Antena 3), Ricardo Farinha (Rimas & Batidas), Mike El Nite.
Dominar As Redes Sociais – workshop da Triciclo com Ricardo Simões.
Launchpad Da Novation Circuit – masterclass por Chris Calcutte (especialista inglês) para apresentação da nova Novation Circuit.
Djing – masterclass pela Pioneer.
Masterização – masterclass por Gustavo Caldeira (Lab Musical).
Sampling e Live – masterclass por Sensei D e Maria.

Os bilhetes já estão disponíveis, com os passes a custarem 45 euros até dia 9 de Março.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.