A Reebok está a aproveitar a polémica com a New Balance

Depois da polémica da demonstração de apoio da marca desportiva New Balance a Donald Trump, os ténis começavam a arder nas redes sociais. Mas a Reebok entrou em cena e não quer deixar ninguém descalço…

Depois das eleições norte-americanas, a New Balance veio demonstrar o seu apoio ao Presidente eleito Donald Trump. Claro que a coisa não correu bem e foi ver muitos donos de ténis da New Balance a repudiar a situação – principalmente depois de um site neo-nazi ter demonstrado o seu apoio à marca…

Resumindo: houve quem queimasse os seus ténis, quem os tentasse deitar pela sanita abaixo ou simplesmente destrui-los – algo bem visível no Twitter. Uma pesquisa rápida com a #NewBalance revela logo os vários insatisfeitos.

Foi também o local escolhido pela Reebok, marca concorrente, para uma oportunidade de marketing. Alguns dos utilizadores que partilhavam fotografias de ténis New Balance a arder, receberam um tweet da Reebok a dizer que iria enviar uns ténis novos.

Reebok New Balance

Há que aproveitar todas as oportunidades, não é? Entretanto, a New Balance já veio dizer que o seu apoio a Trump foi tirado de contexto e que se referia às medidas de comércio do milionário. Ainda assim, já não dá para chorar pelos ténis queimados… e pelo golpe na reputação da marca.

Cátia Rocha
Sonha ter um walk in closet desde pequenina, mas enquanto isso não acontece, contenta-se a coleccionar maquilhagem e anéis. Não consegue resistir a uma boa sobremesa e a um belo livro. Passa a vida a ouvir música e tem uma lista de todos os concertos que já viu.