Rídiculo ou aceitável? A nova tendência de dieta para o Outono chama-se… souping

Estamos a ser constantemente invadidos por expressões inglesas de exercício físico e alimentação para denominar coisas que têm correspondência em português. Umas até são válidas, mas outras…

Esta coisa estranha chamada ‘souping’ é da autoria da Drink6 e designa o simples acto de comer… sopa. Isso mesmo, a sopa. Comer sopa é transformado em souping. Começa a não haver limites para esta tendência: qualquer dia ainda vamos vamos fazer bitoquing ou coffeing.

A Drink6 parece ter chegado à conclusão de que a sopa é um excelente alimento para uma dieta equilibrada (a sério, nunca conseguíamos lá chegar se não fosse esta informação) e, para isso, relembra as vantagens de comer sopa. Ou souping, para os mais snobs.

Então vamos lá ver tudo aquilo que já sabíamos sobre comer sopa: isto é um pouco uma viagem no tempo até ao tempo em que as nossas mães e avós nos tentavam impingir sopas e cremes de legumes, porque, claro, faziam mesmo bem.

1 – DEPURAÇÃO
As sopas de legumes e verduras ajudam no processo de desintoxicação do organismo. Isto ajudado por sumos de vegetais consegue melhorar os efeitos do… souping.

2 – VITAMINAS E MINERAIS
Uma boa sopa tem muitas vitaminas e minerais, além de ser saciante. A Drink6 diz que a sopa dá «uma sensação de conforto e maior plenitude gástrica digestiva durante o dia».

3 – QUENTINHAS
Comer sopas e cremes quentes «facilita a digestão», além de serem hidratantes e diuréticas, o que evita a retenção de líquidos.

4 – USE CENOURAS…
Segundo a Drink6, um bom souping tem de incluir cenoura: tem grandes quantidades de antioxidantes e fibras, é rica em ácido fólico, potássio, cálcio e vitaminas A e C.

5 – …E ERVILHAS TAMBÉM
Os pequenos e redondos vegetais verdes são óptimos para melhorar a circulação sanguínea e diminuem as propriedades do colesterol mau. Além disso «são ricas em vitamina C, sais minerais e fibras solúveis e também controlam os níveis de açúcar no sangue», lembra a Drink6.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].