Outono (mais) criativo no Museu do Oriente

durante os meses de Outubro e Novembro, o Museu do Oriente vai promover onze workshops para fazer despertar a atenção dos mais curiosos sobre cultura asiática.

O primeiro momento acontece já no dia 19 de Outubro, com o workshop de Caligrafia Japonesa, que vai abrir as portas do já nosso conhecido shodo (o caminho da escrita) aos interessados.

«Seguindo a tradição nipónica, a inspiração virá da própria estação do ano e de um poema haiku para desenhar um caractere sazonal», dizem os responsáveis pelo Museu do Oriente.

Até 29 de Outubro há mais duas iniciativas: os workshops de Mizuhiki (nós japoneses decorativos, a 20 de Outubro) e Origami (a 24 e a 29 de Outubro), com uma sessão dedicada ao mar e outra ao origami arquitectónico.

Se gosta de fotografias e viagens, o workshop certo será o que acontece nos dias 12 e 13 de Novembro: Fotografia de Viagem, com Nuno Lobito.

O Feng Shui é o tema que se segue no Museu do Oriente, com workshops a 3 e 17 de Novembro, no seu ramo de aplicação em jardins. A 5 e a 26 de Novembro há um curso de iniciação à pintura chinesa.

As próximas sugestões “piscam o olho” ao Natal: a 5 de Novembro há o workshop de Orikata (embrulhos com significado); a 11 de Novembro, é ensinada a técnica Noshi, segundo os modelos criados pelo mestre Isao Honda; aqui os participantes vão aprender a decorar os seus presentes à melhor forma japonesa.

E já que falamos de Natal, vai ser dada uma ideia de presente no workshop de Bojagui (16 de Novembro). Esta tradição coreana envolve a utilização de uma folha de lótus para cobrir chávenas e bules de chá, antes de servir.

Já no final de Novembro, o Museu do Oriente dá a conhecer as técnicas Kusudama (24 de Novembro) e Origami (26 de Novembro), aplicadas à construção em papel de enfeites para a árvore de Natal.

As inscrições podem ser feitas desde já pelo telefone 213 585 200 ou através do e-mail [email protected].

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].