Justa Nobre, Miguel Castro e Silva, Noélia Jerónimo e Vítor Sobral são as novas confirmações do Rock in Rio Lisboa

©Rock in Rio
©Rock in Rio

Os chefs portugueses criaram menus especiais para o novo espaço Continente Chef’s Garden, que conta com uma área de refeições e um palco com música onde Ljubomir Stanisic vai falar de alimentação e sustentabilidade.

O facto de irmos a um festival de Verão não significa comer junk food e o novo espaço do Rock in Rio Lisboa vem provar isso mesmo. O Continente Chef’s Garden é composto por uma área de cozinha (Chef’s Kitchen) onde se pode experimentar menus especialmente criados pelos chefs portugueses Justa Nobre, Miguel Castro e Silva, Noélia Jerónimo e Vítor Sobral.

Há ainda uma área de refeições com quatrocentos lugares sentados e ainda um palco (Chef’s Stage), onde vai “actuar” Ljubomir Stanisic; o chef jugoslavo vai receber convidados e falar sobe diversos temas relacionados com a alimentação sustentável.

Estes momentos serão intercalados com DJ sets e concertos de bandas de diferentes empresas, como a Axians e o Super Bock Group, curadas pelo Brands Like Bands – um projecto que «reúne bandas de empresas que se juntam, independentemente dos cargos e níveis hierárquicos, para mudar o mundo».

Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio, revela o que se pode esperar deste “jardim”: «Juntámos os maiores nomes da gastronomia em Portugal, trazemos receitas com cunho sustentável e recheamos um palco com propostas provocadoras, vários convidados e diferentes formatos de entretenimento, com dicas e sugestões de hábitos alimentares mais sustentáveis».

©Rock in Rio
©Rock in Rio | O Chef’s Stage vai receber concertos ao vivo de bandas ligadas a várias marcas.

Agricultura, mar, rios e floresta

Os menus criados pelos conhecidos chefs nacionais «vão trazer influências de diferentes regiões do País» e têm como conceito «os ecossistemas mais representativos da gastronomia portuguesa» que são, segundo Nuno Nobre, (o consultor gastronómico que escolheu os nomes dos convidados do Continente Chef’s Garden), «a Agricultura & Pecuária, as Florestas, o Mar e os Rios».

Vítor Sobral traz os sabores do primeiro ecossistema, com hambúrgueres de vitela arouquesa com cebola caramelizada, tomate, rúcula e queijo da Ilha de São Jorge e uma mousse de chocolate de Melgão com morangos confitados, flor de sal e açafrão dos Açores, entre outros pratos.

O sabor da Floresta será representado pela chef transmontana Justa Nobre, cujo menu inclui sopa fria de beterraba com amêndoas crocantes e um leite-creme de abóbora com frutos do bosque.

Já o tema do Mar é trazido pela mão da chef Noélia Jerónimo, natural do Algarve, com tosta de cavala e wrap de polvo com batata-doce e piso de coentros, além de outras iguarias. Por fim, os sabores dos Rios ficaram a cargo do chef Miguel Castro e Silva, que apresentará pratos como uma sopa seca de lúcio, perca e couve.

©Rock in Rio
©Rock in Rio | Na apresentação do Chef’s Garden, foi possível provar alguns dos pratos que serão servidos durante o festival.

Para fazer pairing com estas iguarias há um wine bar a cargo da Sogrape, onde será possível escolher entre a oferta deste produtor de vinhos e fazer provas vínicas.

Sustentabilidade é central

Um dos temas centrais do Continente Chef’s Garden e desta edição do Rock in Rio é a sustentabilidade; além de ser tema das conversas no Chef’s Stage, há diversas iniciativas, como a obrigatoriedade do uso se palhinhas e colheres de café feitas com materiais que não tenham plástico.

Além disso, o festival vai incentivar o uso de «produtos nacionais e a contratação de fornecedores locais» para «reduzir a pegada carbónica e fomentar a economia local», e promover o «uso de produtos sazonais».

Nesta nova área, há uma preocupação acrescida com a temática e, por isso, os alimentos que sobrem «serão doados», os resíduos orgânicos irão para «compostagem» e os «chefs aproveitarão ao máximo as matérias-primas» para evitar desperdícios.

Mafalda Freire
Especialista em temas profissionais, é jornalista da PCGuia e da Business IT. No Trendy vamos vê-la a escrever sobre temas ecológicos, mas nunca se sabe se a vamos requisitar para nos dar novidades sobre novidades tecnológicas.