Projecto português PHYS desenvolve tecnologia de inactivação do novo Coronavírus em roupas

©MTEX NS
©MTEX NS

É apresentada esta semana em Famalicão, por um consórcio de empresas portuguesas, uma nova técnica que tem como objectivo neutralizar o SARS-CoV-2 em têxteis e objectos.

MTEX NS, Citeve (a entidade que certifica máscaras comunitárias, por exemplo) e Universidade Católica Portuguesa são as entidades que fazem parte de um novo consórcio que vai apresentar uma tecnologia capaz de inactivar o novo coronavírus.

O projecto PHYS é anunciado amanhã em Famalicão e tem como base uma cabine onde se colocam roupas e objectos que são submetidos a emissões de ozono (O3), para serem desinfectados. Este processo dura até vinte minutos e inclui ainda a conversão de «ozono residual em oxigénio».

Variantes do SARS-CoV-2 em análise

Em relação às aplicações práticas, o consórcio fala em ginásios, lojas de roupa e hotéis, como os principais locais onde esta cabine pode ser usada para esterilizar roupas e objectos.

O PHYS será ainda submetido a uma série de testes, incluindo os que vão analisar a capacidade da tecnologia de inactivar as duas variantes mais conhecidas do SARS-CoV-2: a inglesa e a brasileira.

©MTEX NS / PHYS
©MTEX NS | Lojas de roupa, hotéis e ginásios estão entre os espaços onde a cabine de ozono PHYS pode ser usada.

No plano de investigação estão ainda testes para perceber se a acção do ozono desta cabine pode ser eficaz contra «bactérias hospitalares multirresistentes» – será a Universidade Católica Portuguesa a fazer este trabalho. Quanto ao Citeve, esta entidade vai tentar perceber se o processo PHYS «desgasta ou não tecidos».

Para conhecer este projecto nacional com mais detalhe, pode ver todas as explicações no site da MTEX NS.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].