©Super Bock
©Super Bock

Super Bock lança cerveja sem glúten «adequada» para celíacos com sabor semelhante à tradicional

A Super Bock tem uma nova versão da sua cerveja sem glúten em garrafas de 33 cl. A indicação aparece a verde, sobre o rótulo vermelho.

«Estimamos que haja 100 mil celíacos em Portugal, há muita gente que não está diagnosticada», disse Mafalda Carvalho, presidente da Associação Portuguesa de Celíacos (APC), durante a apresentação de hoje da Super Bock que serviu para revelar a nova cerveja.

Os dados levaram a Super Bock a criar a uma cerveja isenta de glúten, adequada para celíacos, e que será a primeira deste género (aprovada pela APC) a ser lançada por uma grande marca nacional – no mercado já existia, pelo menos uma cerveja deste género, a Daura Damm (desde 2016), da marca espanhola Estrella Damm.

Enzima neutraliza o gluten da cevada

«Um dos mantras da Super Bock é o de incluir toda a gente nas celebrações, por isso esta cerveja serve de inclusão para quem é intolerante ao gluten – agora já não precisam de ficar de fora destes momentos com os amigos», justificou Bruno Albuquerque, director de marketing de cervejas e patrocínios do Super Bock Group.

Ao contrário de outras cervejas, que excluem trigo da composição e o substituem por arroz, a nova Super Bock isenta de glúten tem uma enzima que neutraliza as proteínas da cevada. «Quisemos que esta cerveja fosse igual ao da Super Bock original», explica Bruno Albuquerque. A cerveja já está à venda em pack de 33 cl por 5,99 euros, no Auchan.

©Super Bock
©Super Bock | A campanha de marketing da nova cerveja foi criada pela agência O Escritório.

Super Bock sem glúten tem «muito menos» de 20 ppm

Para que um produto seja classificado como isento, a legislação obriga a que tenha menos de 20 ppm (partes por milhão) de gluten. Segundo o director de marketing, esta cerveja da Super Bock tem «muito menos» que este valor, inclusive uma quantidade que «não pode ser medida pelos métodos tradicionais».

Por exemplo, a Daura Damm, que está na mesma gama de produto, «promove a hidrólise de proteínas para garantir que tem menos de 3 ppm de glúten», como explicou a marca ao Boa Cama Boa Mesa, do Expresso.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].