Assistente Digital COVID-19 ©engin akyurt
Assistente Digital COVID-19 ©engin akyurt

Universidades do Porto e do Minho criam assistente virtual para esclarecer dúvidas sobre a COVID-19

O Facebook é a nova casa de um assistente virtual baseado em IA que esclarece dúvidas sobre a COVID-19. A plataforma foi criada pela Escola de Medicina da Universidade do Minho e Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

Foi criado por duas Universidades, com o apoio da empresas Automaise e da HLTSYS, e é baseado em inteligência artificial (IA). Este novo assistente automático, integrado no Messenger do Facebook, tem três vertentes.

A primeira é responder a dúvidas sobre a COVID-19, a segunda é fazer a triagem dos sintomas e a terceira é dar recomendações sobre como evitar o contágio e como nos podemos manter saudáveis.

Assistente Digital COVID-19 segue recomendações da DGS e OMS

O assistente virtual pode ser encontrado na página de Facebook do Centro de Medicina Digital P5 – basta enviar uma mensagem através do Messenger para começar a “falar” com o Assistente Digital COVID-19.

Na knwoledge base desta tecnologia de IA criada pelas duas universidades estão todas as «recomendações da Direção-Geral da Saúde e da Organização Mundial de Saúde», dizem os programadores.

Assistente Messenger no Centro de Medicina Digital P5

«A criação deste modelo algorítmico permite melhorar a resposta a dúvidas frequentes e orientar as pessoas para informação cientificamente validada – bem como aliviar as linhas de atendimento do SNS24, ao permitir uma indicação rápida aos utentes mediante os seus sintomas», explicam os responsáveis pelo projecto.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy onde faz regularmente viagens pelo País dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].