CTT Portal da Queixa ©Ricardo Oliveira Alves
CTT Portal da Queixa ©Ricardo Oliveira Alves

Reclamações batem recordes: CTT, Meo e NOS foram os campeões das queixas em 2019

O Portal da Queixa partilhou os números sobre as reclamações que recebeu por parte de consumidores. Em 2019, este site recebeu mais de cem mil comentários a acusar as empresas de más práticas comerciais e serviços.

A palavra do ano, eleita pela habitual votação da Porto Editora, foi ‘violência [doméstica]’, mas ‘queixa’ também seria uma boa opção para ilustrar 2019 – pelo menos depois de conhecermos os números de um site que recebe reclamações dos consumidores.

O Portal da Queixa recebeu, ao todo, 101 033 comentários sobre problemas relacionados com serviços mal prestados nos sectores das Comunicações, TV e Media; Correio, Transporte e logística; Serviços de Administração Pública; Transportes Públicos e o Comércio de Tecnologia. Isto representou um aumento de cerca de 15% em relação a 2018 (88 763 queixas).

Portal da Queixa recebeu 275 reclamações por dia, em média

Estes números significam que, em média, o site recebeu 275 queixas por dia: «Para a maior rede social de consumidores de Portugal, representa o sexto ano consecutivo de crescimento, registando valores com o dobro do que regista o Livro de Reclamações Eletrónico do Estado», diz o Portal da Queixa.

O sector com o maior volume de queixas foi o de Comunicações, TV e Media (11 270), seguido do de Correio, Transporte e Logística (10 647) e dos Serviços de Administração Pública (9184). Na globalidade, há três empresas que se destacam como as “campeãs” das reclamações de consumidores em 2019.

©Portal da Queixa - Resultados

CTT é a campeão das queixas, com 6293 reclamações

A empresa que visada no Portal da Queixa foi os CTT, com 6293 reclamações, um aumento de quase 18% em relação a 2018. A Meo é, de longe, a operadora que mais críticas negativas recebeu em relação aos seus serviços: 4675. Este número representa quase o conjunto das reclamações reunidas pela NOS (2977) e pela Vodafone (2166) no mesmo site.

Nos outros sectores, o destaque (pela negativa) vai para a Segurança Social, o serviço do Estado com mais queixas no site: 1667, ainda assim menos 7,49% que em 2018 (1802). Nos Transportes, a “campeã” é a Uber, com 506 queixas, seguida pela CP, com 545. Outro destaque negativo vai para a Worten, que viu as reclamações aumentarem 29% em relação a 2018: de 1655 passou para 2132 queixas.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].