VW ID Buggy
VW ID Buggy

Depois da VW ‘pão de forma’ eléctrica, a Volkswagen pode lançar um buggy descapotável

Já pouca gente duvida de que os automóveis eléctricos vão ser o futuro da mobilidade – todas as principais marcas já oferecem alternativas deste género. E a Volkswagen tem um novo protótipo na manga.

Foi anunciado pela marca alemã, este ano, no Salão Automóvel de Genebra e tem andado a viajar pelo Mundo. Este ‘primo’ da VW Combi eléctrica que a Volkswagen também já mostrou é um Buggy que se inspira num modelo vintage com o mesmo nome.

O VW Buggy ID, à semelhança do modelo antigo, não tem portas e foi feito especialmente para andar em terrenos mais acidentados – leia-se ‘areia’ ou ‘terra batida’ e foi criado a pensar nas viagens para a praia.

Este protótipo é completamente funcional e já foi conduzido por várias pessoas. Contudo, é provável que não entre em produção para as massas, ao contrário do que aconteceu com outro carro com o mesmo estilo: o Citroen e-Mehari.

A nova incarnação eléctrica do Volkswagen Buggy baseia-se na plataforma modular da marca que se baseia num conceito em que a parte de cima do veículo é independente da base, podendo ser trocada por qualquer estilo de automóvel: um buggy, uma carrinha ou um sedan, por exemplo.

Em termos técnicos, o VW Buggy ID tem uma autonomia de 250 km, uma velocidade máxima de 160 km/h e consegue fazer 7,2 segundos dos 0 aos 100. O objectivo é «mostrar a flexibilidade desta plataforma e motivar a criação de outros tipos de veículos eléctricos», diz a VW, que vai licenciar este modelo a outros fabricantes.

Desta forma, vai ser possível personalizá-lo e modificá-lo como quiserem, tornando-o assim numa espécie de ‘automóvel open source’, tal como acontece com o Android nos telemóveis ou o Linux nos computadores. A Ford é uma das marcas que, para já, vai usar a MEB em futuros projectos.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].