Prem Ratan Dhan Payo Museu Oriente Bollywood
Prem Ratan Dhan Payo Museu Oriente Bollywood

Em Agosto há um ciclo de cinema gratuito com filmes de Bollywood no Museu do Oriente

Música, cor, alegria e animação. É o que promete o ciclo de cinema dedicado aos filmes indianos no Museu do Oriente, em Lisboa.

Se nos EUA, a indústria do cinema é muitas vezes referida como ‘os filmes de Hollywood’, na Índia o nome vem da antiga cidade de Bombaim, hoje Mumbai: Bollywood. Em 2018 os dez maiores filmes do cinema indiano renderam cerca de 500 milhões de euros em bilheteira.

Estamos a falar de um mercado onde são lançados entre 1500 a 2000 filmes por ano, uma produção que supera em muito a quantidade de filmes feitos nos EUA: cerca de 400 a 500.

Os filme indianos tradicionais são conhecidos por terem uma grande componente musical, com actores que dançam e cantam, com trajes típicos deste país – as histórias andam quase sempre à volta do amor e da religião.

São estes filmes que agora chegam a Lisboa e ao Museu do Oriente para concluir um ciclo gratuito nos dois últimos Domingos da Agosto: 18 e 25 – houve outros dois filmes nos dias 4 e 11 de Agosto

O primeiro filme é, precisamente, sobre um dos temas clássicos de Bollywood: o amor. Prem Ratan Dhan Payo (Encontrei Um Tesouro Chamado Amor – 2015) é sobre uma troca de príncipes no trono de um reino indiano que não corre como o esperado, por culpa de uma paixão repentina.

No último Domingo de Agosto é a vez de Stanley Ka Dabba (A Lancheira de Stanley – 2011), sobre as aventuras de um grupo de amigos numa escola, que gira à volta de um aluno que nunca traz lancheira para o almoço e que é proibido pelo director de entrar, a menos que a traga.

O ciclo Filmes de Bollywood no Museu do Oriente tem o apoio da Embaixada da Índia e é de entrada gratuita, como já referimos, mas é preciso levantar um bilhete na recepção no próprio dia. Estes dois filmes começam às 18 horas e têm legendas apenas em inglês.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].