The Color Run 2019 tem edição tripla: Porto, Coimbra e Oeiras recebem a corrida com mais cor de Portugal

Em 2019, a The Color Run tem duas novidades: o naming ‘Vinho Verde’ e a marca ‘Hero Tour’, um incentivo a que os participantes se mascarem de super-heróis.

A ‘corrida da cor’, que aconteceu pela primeira vez em Portugal em 2012, está de volta a três cidades nacionais para mais uma temporada. Este ano, Porto (Parque Aventura da Lipor), Coimbra (Parque Verde do Mondego) e Oeiras (Jamor) vão receber outras tantas edições da Color Run.

Esta prova, com 5 quilómetros, vai acontecer primeiro na Cidade Invicta, a 18 de Maio, e segue depois para Coimbra, onde o tiro de partida vai ser dado no Dia da Criança, a 1 de Junho. Esta corrida “corta a fita” em Oeiras, a 29 de Junho, onde será feita a sua última edição.

Para 2019, há duas novidades: a prova passa a ser patrocinada pela Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes e tem um conceito que passa por desafiar os participantes a correr mascarados de super-heróis. A designação oficial é, por isso, ‘The Color Run Hero Tour by Vinho Verde’.

O que não muda é o facto de, a cada quilómetro, haver ‘estações de cor’ que espalham pós coloridos «feitos de amido de milho» sobre os atletas, sublinha Tiago Pereira, da organização. Além disto, vai ainda haver uma estação de espuma.

«Queremos incentivar amigos e famílias a personificar os seus super-heróis preferidos e juntarem-se a nós na “luta” mais feliz do planeta, em que as “armas” são explosões de cor», diz o mesmo responsável.

Em todas as três corridas, a partida está marcada para as 16 horas e, depois da meta, há música e mais actividades paralelas para todos os participantes. O kit de participante está à venda no site oficial da prova por 15,90 (equipas) ou 17,90 euros (individual) e traz uma t-shirt, uma medalha, um lenço, um saco de cor, duas tatuagens temporárias e um «elemento surpresa especial».

Além do site, este kit também pode ser comprado nas lojas Fnac, Worten, CTT e El Corte Inglés. As crianças até aos dez anos não pagam, mas se quiserem levar um kit destes para a corrida têm de pagar dez euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].