Nortada Bob Marley Cerveja com Cannabis

A nova cerveja da Nortada chama-se Bob Barley e é aromatizada com cannabis

por • 19 Fevereiro, 2019 • BebidasComentários fechados em A nova cerveja da Nortada chama-se Bob Barley e é aromatizada com cannabis989

Lá fora já existem várias marcas de cerveja com cannabis, mas a Nortada diz ser a primeira marca a lançar uma versão criada em Portugal. Aí está a Bob Barley.

O nome é um cliché: inspirado em Bob Marley, nome maior do reagge mundial, um estilo de música muito ligado ao consumo de cannabis para fins recreativos.

A ligação era, por isso, óbvia: a marca apenas mudou o nome para ‘Barley’ (cevada, em inglês) e que faz o trocadilho. A criação é da cervejaria artesanal Nortada, do Porto, que diz ter criado a «primeira cerveja aromatizada com flores de cânhamo feita em Portugal».

Para fazer a nova Bob Marley, a Nortada usou as quatro matérias-primas base de qualquer cerveja – água, malte, lúpulo e levedura – mas juntou-lhe flores de cânhamo (cannabis sativa L), «uma planta da família do lúpulo», lembram os responsáveis pela cervejaria.

Segundo a Nortada, o resultado é uma «cerveja com sabor e aroma distintos, de onde se realçam as notas ervais» e, tal como as outras cervejas da Nortada, a Bob Barley «não é filtrada nem pasteurizada», para que possa «manter intactos tanto o sabor como o aroma», explica Pedro Mota, CEO da marca.

Na Bob Barley, a percentagem de THC (tetrahidrocanabinol, o principal psicoativo da planta) é inferior a 0,2% e, por isso, uma quantidade perfeitamente legal neste contexto.

Para cumprir todas as exigências de lei portuguesa, a Nortada recorreu aos «serviços de consultoria da Pangolin Solutions» para ser esclarecida sobre o «enquadramento legal da utilização da planta de Cannabis Sativa L. na produção». Esta empresa também fez «a pesquisa e aconselhamento da planta a utilizar no processo produtivo», esclarece a cervejeira do Porto.

Para a Nortada, a orientação da empresa de consultoria não deixa margem para dúvidas: «Segundo a Pangolin Solutions, esta cerveja é legal dado que o que foi utilizado foi cânhamo – o macho da planta, ou seja, a Cannabis Sativa L. Este também é chamado de cânhamo industrial e é utilizado em vários segmentos».

Inicialmente, a Nortada contactou produtores portugueses para adquirir as flores de cânhamo, mas não foi bem-sucedida: Não foi possível encontrar o produto no mercado nacional, por isso tivemos de recorrer a um produtor espanhol, país onde o mercado está mais desenvolvido nesta área», revela Pedro Mota.

A cerveja aromatizada com cannabis Bob Barley vai ser apresentada ao público no dia 23 de Fevereiro, num evento especial com um concerto de uma banda de tributo ao cantor jamaicano, os Soul Rebel (nome de uma música de Marley).

Para já, a Bob Barley (5% de teor alcoólico) apenas vai estar disponível na fábrica Nortada, uma vez que foram produzidos apenas dois mil litros – trata-se de uma edição limitada.

Esta nova cerveja tem a assinatura de Diana Canas, a mestre cervejeira da Nortada, e também a «primeira portuguesa com formação da escola alemã VLB», sublinha a marca.

O tema ‘cannabis’ esteve recentemente na agenda mediática nacional, depois de o Bloco de Esquerda e do PAN terem levado dois projectos de lei a votação no Parlamento para legalizar o consumo de erva para fins recreativos.

Ambos os projetcos de lei foram chumbados com votos da maioria dos deputados do PSD, PCP e CDS e de alguns dos representantes do PS.

O uso da cannabis em bebidas, neste caso em cerveja, já é uma prática corrente lá fora: Lagunitas Hi-Fi Hops (uma marca da Heineken), a Hemperor, a Blue Moon, a One Love ou a Lost Craft, são alguns dos exemplos.

No Canadá, a produção de cerveja com cannabis foi ainda mais longe: depois da legalização do consumo de marijuana no País (que aconteceu no Verão de 2018), a Province Brands está a pensar na criação de uma cerveja realmente feita com a planta de cannabis.

Ao contrário de outras marcas, como acontece com a Nortada, em que a cerveja tem apenas uma infusão da planta, este produtor canadiano quer fazer uma bebida onde a cannabis é fermentada: o resultado é uma cerveja que nem precisa de álcool para bater, já que tem 6,5 mg de THC.

Em Portugal, o cânhamo está presente em vários produtos: por exemplo, a marca Dr. Organic, que pode ser encontrada nos supermercados Celeiro tem batons, cremes para a pele, sabonetes, loções corporais e champôs com cannabis.

Fábrica Nortada Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish