Uber Eats Trabalho Comida

Uber Eats está preocupada com os almoços dos portugueses e vai oferecer a taxa de entrega

por • 15 Outubro, 2018 • Actualidade, RestaurantesComentários fechados em Uber Eats está preocupada com os almoços dos portugueses e vai oferecer a taxa de entrega733

A Uber Eats partilhou os resultados de um estudo onde se prova que os portugueses não variam muito de refeição à hora do almoço. Sandes, massas e saladas são os “campeões” da monotonia.

Um estudo da empresa de inquéritos YouGov, anunciado pela Uber Eats, mostra que além de estarem (quase) sempre a comer a mesma coisa, os portugueses são os que fazem as horas de almoço mais longas na Europa: em média, 58 minutos.

Nos antípodas está a Polónia, onde a hora de almoço tem 26 minutos, menos de meia hora. Mas há pior: 32% dos romenos diz que nem sequer faz pausa para almoçar.

A juntar a isto, vêm mais alguns dados “preocupantes”: muita gente almoça à secretária, trabalha enquanto petiscam qualquer coisa e não varia muito o menu. Invariavelmente, massas, sandes e saladas é o que os portugueses inquiridos no estudo comem todos os dias.

E é aqui que entra a Uber Eats: para promover a diversidade e dar um abanão aos almoços dos trabalhadores portugueses, a empresa de entrega de refeições vai oferecer a taxa de entrega na Quinta-Feira (18 de Outubro).

Assim, entre as 12 e as 15 horas, quem for cliente da app e usar o código ALMOCO não paga os normais 2,90 euros que a Uber Eats cobra para fazer a entrega.

Talvez seja esta a oportunidade para nos convencer a trocar as saladas pela as pokebowls, as sandes pelos burritos mexicanos ou as massas pelo sushi. E também, já agora, para dar um descanso à marmita que todos os dias trazemos de casa.

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish