Tesouros de Origem Portuguesa, Fortunato da Câmara – Esfera dos Livros

O crítico gastronómico Fortunato da Câmara escreveu um roteiro com os petiscos nacionais mais surpreendentes.

Sabia que na ilha da Madeira existe uma plantação de mangas no sopé de uma escarpa com 400 metros? Ou que na região norte de Portugal é possível encontrar mini-kiwis sem pele que se comem como uvas?

Estas são algumas das curiosidades contadas por Fortunato da Câmara que apresenta um livro cheio de descobertas e que nos mostra «um lado pouco conhecido da nossa gastronomia».

Ao longo de 208 páginas há vários tesouros nacionais para descobrir, como o açafrão da Beira Interior, um citrino japonês que cresce no Alentejo e um iogurte de leite de cabra serrana do Algarve.

Mas os pitéus “secretos” de Portugal não são as únicas estrelas de TOP – Tesouros de Origem Portuguesa. No livro também há espaço para os sabores tradicionais como o bacalhau de cura amarela, os pastéis de Tentúgal ou os enchidos.

TOP – Tesouros de Origem Portuguesa, escrito por Fortunato da Câmara e editado pela Esfera dos Livros tem um preço de 17 euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].