Almada entra no espírito de Natal com um mercado ecológico

A Oficina da Cultura, a Praça da Liberdade e a Praça S. João Batista são os espaços onde o espírito de Natal vai bater mais forte na Margem Sul do Tejo.

De 14 a 18 de Dezembro, a cidade de Almada vai receber a edição de 2016 do Mercado de Natal Amigo da Terra. Esta vai ser uma óptima oportunidade para comprar algumas prendas feitas por artesãos e eco-designers.

Um dos principais objectivos do Mercado de Natal Amigo da Terra é disponibilizar produtos feitos com materiais reciclados ou naturais. A organização desafiou ainda todos os participantes a ter uma sugestão que não ultrapasse o valor de um euro, para que haja uma prenda «acessível a todas as bolsas».

Neste mercado de natal em Almada será também possível «doar brinquedos usados a instituições locais». Além da vertente de mercado, vai haver ainda quarenta oficinas gratuitas, onde os participantes vão poder criar os seus próprios presentes.

A animação do Mercado de Natal Amigo da Terra será feita com actividades para todas as idades, música ao vivo, teatro, showcookings e também uma brincoteca, para os mais novos.

Este mercado vai ainda contar com a participação de Bordalo II que vai construir, ao vivo, uma instalação de rua de grande formato, da sua colecção ‘Big Trash Animals’, feita com restos de automóveis e outros materiais de desperdício que assim ganharão uma nova função.

Alguns dos exemplos do trabalho de Bordalo II podem ser vistos no Centro Cultural de Belém ou na LX Factory, ambos em Lisboa.

Os visitantes da edição de 2016 deste mercado de Natal podem tirar partido de um serviço gratuito de entrega de compras em bicicleta, que pode ser solicitado no local.

Ainda na sua vertente ecológica, o Mercado de Natal Amigo da Terra vai contar com a participação do projecto Natural.pt, do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas, «que trará a Almada produtores e marcas de áreas protegidas do país, dando a conhecer o melhor das suas terras de origem».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].