Concentra festeja 50 anos de brinquedos em Portugal

Em 1966 a Concentra começou a distribuir marcas de brinquedos internacionais em Portugal. Além destas, a empresa também lançou produtos em marca própria de programas de TV nacionais.

Sabe como é que a Barbie (Matel) chegou a Portugal? Lembra-se da boneca Sindy? Ainda se lembra de jogar Super Nintendo? Se respondeu ‘sim’ a todas estas perguntas, então a Concentra faz um bocadinho parte da sua vida.

Foi pela mão desta empresa nacional que vários brinquedos conhecidos mundialmente chegaram ao País, incluindo as consolas da Nintendo, como a SNES ou o GameBoy. Action Man, Matchbox, He-Man and The Masters of the Universe, Meccano, My Little Pony, Hello Kitty e Winx são algumas das marcas mais conhecidas da história da distribuidora em Portugal.

A Concentra conseguiu, também, ter licenças nacionais para lançar brinquedos e merchandising de produtos nacionais: os peluches do Batatoon, dos gelados Olá e do Neco (série de TV) são alguns destes exemplos. Além disso, a Concentra também fez chegar ao mercado material escolar com a insígnia de David Carreira e dos Xutos e Pontapés.

Neste grupo de licenças nacionais, fica na nossa memória a caixa de magia de Luís de Matos – Isto é Magia, na altura em que o ilusionista português apresentava um programa de televisão na RTP com o mesmo nome em meados dos anos 90.

Para festejar a data, a Concentra alia-se este ano (aproveitando a época de Natal) à Associação Terra dos Sonhos, com a oferta de brinquedos às crianças desta instituição.

O TRENDY junta-se a esta celebração e mostra-lhe 10 dos brinquedos mais icónicos que chegaram a Portugal pela mão desta distribuidora que foi responsável pelo primeiro anúncio de brinquedos a passar na TV nacional. Boa viagem pela memória!


1. Matchbox

matchbox
Os pequenos automóveis da Matchbox foram dos primeiros brinquedos a chegar a Portugal via Concentra. Estes pequenos carros à escala 1/64 estavam recriados ao pormenor e podiam ser arrumados na mítica garagem Matchbox, com vários andares e um elevador.


2. Subbuteo

subbuteo
Muitos anos antes de termos consolas em casa, o Subbuteo era o jogo de futebol preferido dos mais novos. A caixa trazia um relvado em pano, balizas e uma bola, além de 22 jogadores que podiam ser mexidos com um estelar dos dedos, semelhante ao que se usa para jogar ao berlinde. A primeira caixa a chegar a Portugal tinha o Eusébio na capa!


3. Mauzão

mauzao
No osso ninguém põe a mão! Era assim uma das rimas da música do Mauzão, um jogo em que tínhamos de roubar pequenos ossos da boca de um cão temível. Se ele fechasse a boca entretanto, perdia quem estivesse a cometer o ilícito.


4. Sindy

sindy-1970
Antes da chegada a Portugal da Barbie, veio a Sindy uma boneca criada no Reino Unido em 1963 pela Pedigree Dolls & Toys. Como em qualquer brinquedo do género, havia vários looks e acessórios.


5. Barbie

barbie
Criada pela Matel, a Barbie acabou por arrasar qualquer marca da concorrência e tornou-se rapidamente na boneca mais vendida em todo o Mundo. Em Portugal não foi diferente.


6. Action Man

action-man-1970
Se as raparigas tinha o ‘universo’ Barbie, para os rapazes havia o Action Man, um soldado que vários uniformes e armas. A versão que chegou a Portugal nos anos 70 tinha vários looks inspirados na Segunda-Guerra Mundial e na época da Guerra Fria.


7. He-Man and The Masters of The Universe

heman
He-Man, Skeletor, Stratos, Man-at-Arms e Kobra Khan são apenas algumas das personagens de uma série de TV que se tornou numa das marcas de brinquedos mais populares nos anos 80. Quem é o trintão que nunca suspirou pelo Castelo de Grayskull?


8. Meccano

meccano-1970
Com peças feitas em metal e parafusos que as uniam, a Meccano era uma espécie de LEGO para tinha o sonho de ser mecânico quando fosse grande. Este brinquedo mais industrial conquistou algumas crianças, mas nunca chegou a ter grande sucesso: o próprio LEGO e a Playmobil roubavam todas a atenções no que a kits de construção dizia respeito.


9. O Meu Pequeno Pónei

pequeno-ponei
Mais um grande sucesso entre as raparigas, que chegou no final dos anos 80 e que seguia uma fórmula de sucesso: várias versões e cristas coloridas para pentear. Um dos bonecos mais procurados era o unicórnio Twinkle Eye.


10. Tragabolas

traga-bolas
era impossível ter uma lista de brinquedos em Portugal sem essa grande diversão que era o Tragabolas, em que hipopótamos comilões devoravam pequenas bolas de plástico. Um dos maiores sucessos da Concentra de sempre.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].