Dúvidas sobre alimentos desidratados? A nutricionista Helena Cid explica!

O processo de desidratação é um método natural que consiste em retirar água aos alimentos. Por ser uma técnica tão simples, no passado já era utilizada pelos fenícios com o objectivo de preservar os alimentos.

O TRENDY falou com Helena Cid sobre o processo usado para criar alimentos desidratados e para saber as vantagens que há no seu consumo. «Na verdade, sem nos apercebermos utilizamos esta técnica diariamente porque há inúmeros alimentos que passam por este processo», começa por lembrar a nutricionista.

Entre estes está o feijão e o grão-de-bico que colocamos a demolhar antes de cozinhar, frutos como os figos secos, as ameixas, o louro e os orégãos que usamos secos para temperar. Outro dos alimentos desidratados mais conhecidos é o leite em pó para os bebés, um «alimento adequado à saúde dos primeiros meses de vida».

A desidratação dos alimentos preserva o sabor e a qualidade nutricional e não representa qualquer perigo para a saúde, até porque dispensa de «conservantes ou outros aditivos», explica Helena Cid.

Mas como é que os alimentos ficam sem água? «É muito simples», diz a nutricionista ouvida pelo TRENDY. Os alimentos são colocados num tabuleiro a uma temperatura controlada durante um determinado período de tempo para que a água se evapore de forma natural. «No passado, as pessoas faziam-no em casa: colocavam os alimentos ao sol até a água evaporar», recorda Helena Cid.

Depois de desidratados, os alimentos são cortados e alguns podem ser triturados até ficarem em pó. «É um método seguro que em nada altera a composição dos alimentos, retendo os seus nutrientes». Este é o caso, por exemplo, das sopas em pó que são feitas com legumes e com hortícolas e onde é possível preservar as suas vitaminas e minerais «quase a 100%», garante a nutricionista.

Sobre estes últimos produtos, Helen Cid descansa quem tem dúvidas: «As sopas em pó podem ser integradas numa alimentação saudável e equilibrada e adaptam-se perfeitamente aos novos tempos, uma vez que revelam grande interesse nutricional». Ao mesmo tempo há outra vantagem que todos conhecemos: podem ser preparadas em poucos minutos.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].