A moda de que devemos todos ser veggie que esforça-se mais para chamar a atenção para os efeitos nefastos da carne, que para as mais-valias dos vegetais.

Uma dieta vegetariana faz sentido ou é apenas uma moda? Afinal, há mesmo vantagens nutricionais em retirar ingredientes de origem animal de uma alimentação?

Muitos artigos, programas de TV e discussões entre amigos começam com uma frase deste tipo: «Há um novo estudo que diz...». Mas o que quer isto dizer?

Criou-se a ideia de que o consumo de carne, sobretudo da vermelha, é o grande inimigo da saúde. Mas, será mesmo a culpada pelas principais doenças?

Os cinema NOS vão ter nove estreias de filmes portugueses até Setembro, um número nunca antes visto de projecções em salas nacionais em tão pouco tempo.

É conhecida a rivalidade entre taxistas e o serviço de TVDE em Portugal, mas isso não impediu a Free Now de juntar numa mesma app os dois serviços. A app da Kapten vai ser desactivada.

O mundo viu-se obrigado a mudar do dia para a noite. Teletrabalho, telescola, teleconsulta, distanciamento social, máscaras e medidas de confinamento, passaram a ser assuntos do nosso dia-a-dia.

Tem começado a dar nas vistas uma forma de ver a alimentação humana bem diferente da tendência de produtos de origem vegetal: a dieta carnívora.

Onze anos depois do lançamento da primeira criptomoeda, a Bitcoin, este mercado enfrenta novos desafios. Este ano, o Facebook pode ter uma palavra a dizer?

O habitual vídeo Rewind que mostra as grandes tendências do ano no YouTube já está online e tem 2,3 milhões de dislikes em catorze horas.

Desde que existem seres vivos no planeta Terra, nunca se viu um animal ou planta contar calorias. Afinal, de onde veio esta moda?

A Google e a Cetelem anunciaram no espaço de 24 horas dois estudos sobre as intenções de compra na Black Fiday, com resultados completamente dispares.