Equipa titular para as noites de Verão: 11 vinhos tintos para beber durante o mês de Agosto

©Chay Tessari

O vinho tinto até pode saber melhor no Outono e no Inverno. Mas, de Verão, com o acompanhamento certo, pode ser a “estrela” de um jantar.

Para acompanhar um bom prato de carne, um queijo ou uma tábua de enchidos, há sempre um tinto à espreita para ser bebido. Para este Verão, reabasteça a sua garrafeira e prepare os petiscos.

São onze, as sugestões que temos para si, com vinhos de todo o País, para quando quisermos dar descanso aos brancos.

Esporão Reserva Tinto 2018

Esporão Reserva Tinto
O Reserva Tinto de 2018 do Esporão tem uma «cor ruby intensa, aroma a compota de fruta preta, especiarias e baga de café». Na boca, é «intenso mas harmonioso, revelando notas de especiarias e chocolate preto».

Decisão Reserva Tinto 2019

Decisão Tinto 2019 Távora-Varosa
Feito com Touriga-Nacional, Touriga-Franca e Tinta-Roriz, este vinho da região de Távora-Varosa tem «aromas a frutos vermelhos maduros e notas de vegetais e especiarias finas». Deve ser servido entre 16 e 18 graus e acompanha bem «carnes grelhadas na brasa e assados no forno».

Periquita Tinto 2020

Periquita Tinto
Este vinho de Azeitão tem «cor vermelha rubi» e «aromas a frutos vermelhos, pimenta e folha de tabaco». Produzido com Castelão, Trincadeira e Aragonês, o Periquita tinto é «ideal para acompanhar pratos de carne, caça e queijos de sabor intenso».

Pôpa Amphora Tinto 2018

Pôpa Amphora tinto 2018
Com uma produção de 2977 garrafas, este vinho monocasta (Touriga Nacional) de 13,5% estagia em ânforas com resina de pinho. Nas primeiras notas tem «fruta vermelha madura» a que se segue «folha de eucalipto. Depois de abrir, vêm as especiarias, como «pimenta branca».

Legado Tinto 2016

Legado Tinto 2016
Produzido pela Sogrape no Douro, o Legado Tinto 2016 tem uma cor rubi de «boa intensidade»; o aroma é «complexo e intenso, com notas florais de urze, trufas e sous-bois». Este vinho combina «idealmente com carnes vermelhas, caça e queijo».

Tons de Duorum Tinto 2019

Tons de Duorum Tinto 2019
Por 4,99 euros, temos um vinho de «taninos muito suaves e maduros e com um final de boca dominado pela frescura, suavidade e elegância». A João Portugal Ramos diz que o Tons de Duorum Tinto 2020 «acompanha na perfeição pratos de carnes vermelhas, carnes de ave ou queijos».

Grande Reserva Tinto Vale D’Aldeia 2018

Grande Reserva Tinto Vale D Aldeia 2018
Nos Decanter World Wine Awards 2021, este vinho da Vinalda recebeu uma medalha de platina. «Groselha preta, bagas e cereja no nariz. Frescura na boca, bergamota e violeta com notas de mirtilo e chá earl grey. Taninos finos e acidez elegante no final longo», foi a avaliação do júri.

Freshco? 2020

Freshco 2020
falámos deste vinho no TRENDY: um tinto leve para beber fresco (doze graus), com «notas de frutos silvestres, mirtilo, amora e groselha». Custa dez euros, tem 13,9% e é um field blend de «pequenas parcelas de vinhas velhas» em Portalegre.

Musas Tinto 2019

Musas Tinto 2019
Da Torre de Palma chega um vinho de edição limitada a mil garrafas feito com Aragonez e Antão Vaz. Com 13,8 %, tem cor rubi e um «aroma exuberante a frutos silvestres, cereja preta, barro molhado [foi vinificado em talha de cerâmica tradicional] e algumas notas balsâmicas».

Pessegueiro Reserva Tinto 2019

Quinta Pessegueoro Tinto 2019
O Pessegueiro Reserva Tinto tem uma cor «rubi brilhante» e traz aromas de «cacau, mentol e ameixa preta». Segundo a Quinta do Pessegueiro (Douro) é «muito fresco, apresenta taninos finos e acidez bem colocada».

Mar da Palha Tinto 2017

Mar da Palha Tinto
O último vinho desta lista é um monocasta e tem uma «cor intensa, de tonalidades violeta». Com um final «fresco e elegante», tem um aroma «rico, com notas predominantes de fruta madura bem integradas com as especiarias típicas da sua casta». Na boca, destaca-se a «grande complexidade com notas de ameixa e amoras, bem incorporados com tanino maduro».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].