Uvas francesas e portuguesas de mãos dadas nos novos vinhos monocasta da Herdade de Lisboa

©Luisa Ferreira / Herdade da Lisboa
©Luisa Ferreira / Herdade da Lisboa

A produtora da Vidigueira (Alentejo) têm três novos vinhos que estreiam uma gama com o mesmo nome: Herdade de Lisboa. Todos são monocasta: duas portuguesas e uma francesa.

A Herdade de Lisboa anunciou uma nova gama que chega ao mercado para inaugurar um «novo paradigma para os vinhos varietais alentejanos», e que terá edição limitada.

São três as novidades, a que se junta ainda um novo vinho Paço dos Infantes (Chardonnay 2019), uma das marcas pela qual a Herdade de Lisboa se tornou conhecida, nos anos oitenta: Viognier 2019 (branco), Trincadeira 2019 (tinto) e Touriga Nacional 2019 (rosé).

O Viognier 2019 é feito com a casta francesa do mesmo nome e, segundo a produtora alentejana, «surpreende pela frescura e complexidade». Este vinho é vendido em conjunto com Trincadeira, um vinho com «aroma a fruta azul madura e boa estrutura», por 56 euros.

Finalmente, o Touriga Nacional Rosé 2019 será apenas vendido em garrafas magnum (limitado a duzentas unidades), por 50 euros. A Herdade da Lisboa descreve-o como um vinho de «cor salmão e aromas florais delicados, notas minerais e ligeiro tostado».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].