«Artur, como é que nunca te lembraste de fazer isto»? Aí estão as trufas de licor e aguardente de medronho

©Quinta das Olelas

Era a pergunta que os amigos faziam ao chef Artur Norberto, na Quinta das Olelas, em Castelo Branco. O fruto da Beira Baixa ganha agora uma nova vida, em forma de bombom.

«Em conversa com alguns amigos aqui da região muitas vezes perguntam-me como é que nunca ninguém se lembrou de fazer algo similar». Foi assim que Artur Norberto começou a pensar no que podia fazer com o medronho, um fruto a que ainda se dá «pouca atenção».

Com o negócio dos casamentos e eventos da Quinta das Olelas em stand-by, por causa da pandemia, estas trufas de chocolate com licor e aguardente de medronho acabam por ser um balão de oxigénio para o chef beirão de 44 anos.

Foi quando estava a fazer uma replantação de medronheiros na quinta que a ideia começou a ganhar forma: «Vi um ninho caído no chão, com medronhos secos e achei piada ao conjunto. Pensei que poderia ser muito interessante reproduzi-lo com chocolate».

©Quinta das Olelas
©Quinta das Olelas | A ideia foi do chef Artur Norberto e aparece numa altura em que os eventos na Quinta das Ornelas estão parados.

Brasil e França na rota das trufas beirãs

Seis meses depois, as primeiras trufas de chocolate com licor e aguardente de medronho já podem ser compradas, com o envio a ser feito para todo o mundo: «Já recebemos encomendas do Brasil, Itália, Suíça e França, diz o chef.

As trufas vêm em pequenas latas de 125 gramas, custam 14,50 euros (mais 3,70 de portes de envio) e estão à venda no site da Quinta das Olelas; também é possível fazer a encomenda por telefone: 961 431 980.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].