Porto Editora (re)abre acesso livre à Escola Virtual para todos os alunos e professores em confinamento

@Porto Editora
@Porto Editora

Como já tinha acontecido em Março, a Escola Virtual da Porto Editora volta a abrir as portas, de forma gratuita, para que alunos e professores tenham acesso a conteúdos de ensino.

Apesar de o Governo ter deixado claro que, durante quinze dias, a pausa nas actividades lectivas seria uma espécie de férias antecipadas, e mesmo sem lugar a aulas online, pode haver alunos e professores que queiram preparar e estudar matérias neste período.

Como também já se fala que esta interrupção nas aulas presenciais pode ser mais extensa, a Porto Editora antecipou-se e voltou a abrir a sua Escola Virtual, de forma gratuita, como já tinha acontecido em Março de 2020.

Escola Digital também disponível no smartphone

A Escola Virtual da Porto Editora está disponível aqui e tem «conteúdos educativos digitais e interactivos relacionados com os currículos do 1.º ao 12.º ano de escolaridade». Desta vez, estes materiais também podem ser consultados pelo smartphone.

Aqui podem ser consultados livros escolares em versão digital, fazer testes e os professores podem «criar e gerir turmas/grupos, o envio de tarefas, a comunicação síncrona e assíncrona, por mensagens e através de um mural da turma, bem como a partilha de materiais».

Segundo a Porto Editora, esta é uma medida que vai «beneficiar cerca de 1,5 milhão de alunos e mais de cem mil professores».

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].