©Nam
©Nam

Cogumelos criados com borras de café? É o novo projecto de economia circular da Delta

Em vez de terra, o café. A Delta untou-se à Nãm para criar um projecto de economia circular de produção de cogumelos, em Marvila – Lisboa.

Chama-se Urban Mushroom Farm e é um novo projetco que junta a Delta à start-up Nãm. O conceito passa por usar borras de café recolhidas nos clientes da Delta, para usar como fertilizante para produzir cogumelos, que depois são vendidos a restaurantes.

Isto cria uma «economia circular» que, por um lado, promove as «boas práticas ambientais» e, por outro, a «produção sustentável e consciente de cogumelos», que além de serem vendidos a restaurantes, também estão disponíveis para o público em geral na Urban Mushroom Farm, em Marvila.

Nãm vende kits para cultivar cogumelos

Aqui, o café é usado como substrato: «É limpo e rico em nutrientes, um excelente alimento para os cogumelos», lembra Natan Jacquemin, fundador da Nãm. Mesmo depois de ter ajudado a produzir os cogumelos Pleurotus deste projecto, o café pode voltar a ser usado, já que se «transforma num fertilizante nutritivo de alta qualidade». A Delta e Nãm oferecem-no depois a «outros agricultores» de quintas locais.

©Nãm
©Nãm | O Home Grow Kit já traz o cogumelo pronto a colher – custa 17,50 euros.

Para promover este projecto junto do consumidor tradicional, a Nãm criou ainda dois kits para que qualquer pessoa possa produzir cogumelos em casa: num, o cogumelo já vem incluído, basta garantir a humificicação; no outro vêm as sementes e as borras de café, para cultivar e fazer o processo desde o início. Os preços são de 17,50 e 12,50 euros.

A utilização de borras como composto/fertilizante também já tinha sido anunciada este ano pela Nespresso com a iniciativa Reciclar é Alimentar. A marca usou o café das cápsulas, entregues pelos clientes, nas lojas, nos campos de arroz em Alcácer do Sal e conseguiu doar noventa toneladas deste cereal ao Banco Alimentar.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].