©Austin Distel
©Austin Distel

PODES: o festival português de podcasts está de volta em Novembro com sessões presenciais e online

Está confirmada a segunda edição do PODES. Os melhores podcasts nacionais voltam a estar reunidos num festival, que este ano tem uma versão… mista.

A pandemia de COVID-19 não vai impedir a realização da segunda edição do festival português de podcasts, o PODES. A organização confirmou o regresso para Novembro, entre os dias 2 e 8. Contudo, este ano há algumas limitações.

Desde logo, as sessões ao vivo têm uma disponibilidade de lugares reduzida, de forma a cumprir as regras da DGS para os espectáculos ao vivo. A organização quer contornar as limitações de acesso físico com a transmissão online, e gratuita, de todas as sessões.

Este ano, estão confirmados seis podcasts que serão feitos ao vivo: Com o Humor não se Brinca (Fernando Alvim e Nelson Nunes), Psicopatas Portugueses (Joana Amaral Dias), Terapia de Casal (Guilherme Fonseca e Rita da Nova), Link na Bio (Carlos Pereira), Fogo e Fúria (podcast do jornal Público) e 45 Graus (José Maria Pimentel).

PODES 2020 volta a eleger o melhor podcast nacional

Tal como aconteceu em 2019, continuam a realizar-se webinars e vai ainda haver a cerimónia de entrega dos prémios PODES, em 14 categorias. Há ainda um prémio para o melhor podcast nacional absoluto – no ano passado foi eleito o projecto de jornalismo independente Fumaça.

Para mais informações e para consultar o programa completo do PODES 2020 pode ver o site oficial do evento aqui. Os espaços onde decorre o festival ainda não estão definidos, mas sabe-se que será novamente em Lisboa.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].