©Luis de Matos Drive-In

Magia em formato drive-in. Para ver o próximo espectáculo de Luís de Matos temos de levar o carro

Se não houver mais novidades entretanto, este será o primeiro espectáculo ao vivo neste formato, em Portugal. A ideia foi de Luís de Matos.

Já há sítio, datas e horas. Dias 5, 13, 20 e 27 de Junho, às 22 horas, no parque de estacionamento do Estúdio33, onde Luís de Matos gravou o seu programa Impossível para a RTP: é aqui que vai acontecer aquele que será o «primeiro drive-in para espectáculos ao vivo», em Portugal.

O drive-in para espectáculos ao vivo (a Comic Con já anunciou sessões de cinema com este modelo, em Junho) pode muito bem ser a próxima tendência no sector das artes e já há várias produtoras a pensar adaptar mais eventos para este formato, sabe o TRENDY.

Um espectáculo de magia «fortemente interactivo

Mas, o primeiro, será mesmo ‘Luís de Matos Drive-In’, no princípio de Junho, um «one-man show fortemente interactivo e desenhado para acontecer num parque de estacionamento», neste caso, o do Estúdio33 do próprio ilusionista (imagem em baixo).

Segundo Luís de Matos, este espectáculo de magia «recorre à mais moderna tecnologia em matéria de áudio, vídeo e comunicação wireless» e «respeita de todas as medidas de segurança exigidas do momento».

Estúdio33 ©Google

Bilhetes para Luís de Matos Drive-In custam 50 euros

Tal como no cinema, o som chega aos rádios dos automóveis a partir de uma frequência sintonizada no momento, tal como acontece no cinema drive-in.

Os bilhetes podem ser comprados na Ticketline e custam 50 euros (o preço é por automóvel – o layout do espectáculo será feito para que mesmo quem vá atrás possa ver) nas plataformas habituais, para um espectáculo que Luís de Matos quer que seja uma contribuição re-inventar as «artes cénicas».

Proibido sair dos automóveis e marcação para ir ao WC

Em relação às regras, a organização diz que não é permitido sair do automóvel para ver o espectáculo, o que implica não abrir os vidros ou o tejadilho para nos colocarmos parcialmente de fora.

Para ir à casa de banho também há normas: será disponibilizada uma app para fazer marcações e as pessoas serão acompanhadas por um membro do staff, explica a organização.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].