Festival Mental 2018
Festival Mental 2018

Segunda edição do Festival Mental começa hoje em Lisboa e acaba no Porto no final de Novembro

O festival de artes que tem como objectivo debater vários temas ligados à psicologia está na sua segunda edição. O cinema e as talks são dois dos principais “ingredientes” do Mental.

Com organização e curadoria de Ana Pinto Coelho, o Festival Mental acontece este ano com uma agenda dividida entre o Porto em Lisboa. Na capital, há dois espaços que vão receber música, cinema e debates ligados à psicologia: os auditórios da Biblioteca Orlando Ribeiro e do Teatro Carlos Paredes.

Na Biblioteca Orlando Ribeiro (Telheiras) há agenda durante três dias: 16, 17 e 18 de Novembro. Até Domingo vai ser possível ver, sobretudo, filmes ligados a condições mentais, com destaque para Uma Mente Brilhante, Her e Suicide Room (Polónia), este último em estreia nacional.

O auditório da Biblioteca Orlando Ribeiro vai também receber três debates com especialistas em vários ramos da saúde mental com os temas da esquizofrenia, ciberdependência e suicídio.

No próximo fim-de-semana, 24 e 25 de Novembro, o Mental muda-se para o Auditório Carlos Paredes, em Benfica. No primeiro dia, Sábado, sobem a palco dois espectáculos performativos: Mundos (Núcleo de Dança do Júlio de Matos) e #THISISWHATDEPRESSIONLOOKSLIKE (Sónia Baptista).

No Domingo, o Mental vira-se para as famílias, com dois momentos mais dedicados às crianças: às 15:30 há a peça infantil Divertidamente (interpretação do Teatro Terapêutico W+ da SCML); às 17:30 passa o filme de animação Coco, da Disney, que venceu o Óscar em 2017.

Finalmente, dias 29 e 30, o Mental viaja até ao Porto e faz do Auditório Almeida Garret o seu “quartel-general”, com peças de teatro, debates, curtas e filmes. Na invicta vai ainda haver a apresentação do livro As Aventuras de Mr. X (João Gata), no Espaço Atmosfera M.

Para saber todos os detalhes do programa do Festival Mental 2018 pode ver a agenda, lista de filmes, actuações e oradores no site oficial. Os bilhetes estão à venda na BOL com preços a partir dos 3,50 euros.

Ricardo Durand
Começou no jornalismo de tecnologias em 2005 e tem interesse especial por gadgets com ecrã táctil e praias selvagens do Alentejo. É editor do site Trendy e faz regularmente viagens pelo País em busca dos melhores spots para fazer surf. Pode falar com ele pelo e-mail [email protected].