Fruut Bolas de Berlim

A Fruut quer acabar com as Bolas de Berlim na Praia e isso é uma estupidez completa

por • 26 Julho, 2018 • Temos de Falar...Comentários fechados em A Fruut quer acabar com as Bolas de Berlim na Praia e isso é uma estupidez completa1150

As Bolas de Berlim na praia são uma instituição em Portugal. Então se juntarmos praia a este bolo delicioso, o Éden abre-se para muita gente. É com isto que a Fruut quer acabar este Verão.

Primeira coisa a esclarecer: obviamente que não podemos defender uma dieta de Verão equilibrada em que vamos para a praia e passamos o dia a comer duas ou três Bolas de Berlim.

Apesar de haver já vários tipos de massas e recheios mais saudáveis, como versões integrais ou de alfarroba e beterraba (vejam o menu da Berlineta), a Bola de Berlim é um dos bolos mais calóricos que podemos encontrar na praia ou fora dela.

Posto isto, e numa dieta equilibrada, comer uma Bola de Berlim para adoçar um dia de praia não vai ser coisa que faça aparecer de forma instantânea um pneu na barriga.

Além disso, comer de forma saudável tem muito que se lhe diga. Não vale a pena estar almoçar bitoque todos os dias, comer torradas cheias de manteiga ao pequeno-almoço e levar palitos de cenoura para a praia.

É por isso que a mais recente campanha da Fruut é uma completa parvoíce. A marca que desidrata fruta e a coloca em pacotinhos quer que passemos a consumir este produto na praia em vez de Bolas de Berlim.

«ADEUS BOLA DE BERLIM! Escolhe o Snack que é só Fruta», é o slogan da Fruut que está na base de uma acção de marketing com outdoors e que vai oferecer para-sóis para automóveis. (Já agora, falta a vírgula entre ‘adeus’ e ‘bola’ – chama-se vocativo).

Mas alguma vez alguém, na praia, vai deixar de comer uma Bola de Berlim para comer um pacote de fruta desidratada? Mas isto faz algum sentido, mesmo para quem tenha uma dieta rígida e que esteja um pouco mais descontraído no Verão.

Querer substituir fruta desidratada por uma Bola de Berlim é tentar negar um prazer que muita gente tem durante o Verão: a clássica bola, com calor, ao pé do mar, com calorias que se abatem rapidamente a jogar uma futebolada ou a dar uns mergulhos e umas braçadas.

Faria sentido, claro, promover a Fruut como um bom snack para levar para a praia. E a marca tem poder suficiente para fazer isso: é suficientemente reconhecida e isso bastava para fazer a diferença.

Porque não fazer desafios às pessoas que estão na praia e oferecer um pacotinho de Fruut? Por que é que a campanha tem de ser feita pela negativa a tentar desmotivar o consumo de um bolo que é tão querido dos portugueses?

E este é também um dos problemas das marcas que vendem os seus snacks como “100% saudáveis”: ao passar esta ideia para os consumidores, levam muita gente a pensar que podem comer quatro ou cinco pacotes por dia que não vai fazer mal algum.

Por exemplo, na versão Maçã Vermelha com Canela, e por 100 gramas, 83 são açúcares; se virmos as proteínas, os valores são ainda mais decepcionantes apenas 1,1 gramas por cada 100.

Já uma Bola de Berlim, e segundo o site Fatsecret Portugal, que muita gente segue para saber a informação nutricional de vários alimentos, por cada 100 gramas, este bolo tem apenas 18,52 gramas de açúcar (quase sete vezes menos que 100 gramas de Fruut). Nas proteínas, há quase seis vezes mais: 6,1 gr.

Fruut Bolas de Berlim Nutricional

É é por cem gramas que temos de comparar alimentos, não é por unidade ou por pacote, pois assim não estamos a por frente-a-frente quantidades semelhantes.

Claro que comer um pacote de Fruut é muito mais saudável que comer uma Bola de Berlim – nem podíamos dizer o contrário. Mas também é verdade que pelo preço de um pacote de Fruut (cerca de 1,40 euros), podemos comprar um quilo de bananas, maçãs e pêras, o que é muito mais saudável que comer qualquer tipo de produto embalado e processado.

A marca devia ter sido mais responsável, não fazer uma campanha pela negativa e ter-se fazer valido mais dos seus valores que desconsiderar uma tradição nas nossas praias que faz miúdos e graúdos felizes.

Não é só um atentado à inteligência dos consumidores; é atentado a tudo aquilo que o Verão significa para muita gente: descontracção, relax, diversão e fazer aquilo que nos dá na nossa real gana.

Artigos Relacionados

EnglishFrenchGermanPortugueseSpanish